segunda-feira, 26 setembro 2022

OS TEMPOS DAS CIDADES

Set. 19, 2022 Hits:98 Crónicas

Quem vai pagar impostos?

Set. 19, 2022 Hits:87 Opinião

Os robots não devem paga…

Set. 18, 2022 Hits:117 Opinião

Paternalismo

Set. 14, 2022 Hits:82 Crónicas

A BICICLETA DOS ANJOS

Set. 12, 2022 Hits:65 Crónicas

UM CIMBALINO SE FAZ FAVOR

Set. 10, 2022 Hits:336 Crónicas

O aroma do café no ar

Set. 05, 2022 Hits:79 Crónicas

Rota dos Registos Civis

Set. 04, 2022 Hits:219 Opinião

Espanto e Vergonha

Ago. 28, 2022 Hits:129 Opinião

Em Bucareste





A sua generosidade permite a publicação diária de notícias, artigos de opinião, crónicas e informação do interesse das comunidades portuguesas.


        Gosto de visitar cemitérios. Entre outros, recordo: o de San Fernando, em Sevilha, e a expressão pungente de homens, mulheres e crianças numa escultura de bronze sob o ataúde de Joselito, toureiro; o de Reina, em Cienfuegos, verdadeira gliptoteca com magníficas estátuas de mármore que são obra de mestres europeus contratados pelos barões do açúcar; o de Highgate, em Londres, e assinalo o jazigo de Karl Marx — autor cujas teorias ensinei aos meus alunos de Economia Política da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra — e o de Patrick Caulfield, no qual as letras da palavra «DEAD» trespassam a lápide e deixam circular vida; o cemitério alegre, em Săpânța, onde as campas têm, no lugar da lápide, uma bizarra escultura de madeira (policroma, mas o azul sobressai), com epitáfio alusivo à biografia da pessoa que morreu ou à causa do decesso, a sua imagem em baixo‑relevo e, no topo, uma cruz encimada por duas barras dispostas na diagonal. A propósito do cemitério romeno, Antonio Tabucchi reporta um «anti‑Spoon River que não aspira à tragédia grega como o poema americano de Edgar Lee Masters, mas se contenta com a pequena comédia quotidiana que faz parte da vida normal»[1].

            Em Bucareste, atraído pelo sepulcro de Iulia Hașdeu, apanhei um táxi para ir ao cemitério Bellu. Supostamente edificado de acordo com instruções que a defunta enviou do além, o túmulo inclui um relógio com ponteiros que pararam na hora da sua morte e um globo de mármore branco que representa a Terra e no qual se distinguem os lugares que Iulia visitou. Naquele fim de semana realizava‑se um referendo que, se viesse a ser vinculativo — por ter a participação de pelo menos 30 % dos eleitores e no mínimo 25 % de votos válidos — e a surtir o triunfo do «sim», levaria a reconhecer apenas o casamento entre um homem e uma mulher e tornaria inconstitucional o matrimónio entre pessoas do mesmo sexo. Curioso, pus-me a conversar com o motorista.

— Já votou no referendo?

— Vou fazê-lo amanhã.

— Em que sentido?

— Vou votar «sim», um casal composto por dois homens ou por duas mulheres não é normal.

             — Não lhe parece injusto e discriminatório impedir que, por causa da orientação sexual, certas pessoas tenham acesso a algo tão bonito e relevante como o casamento?

— Não, um casal gay não é normal.

— Como assim?

— Se os homossexuais querem casar devem ir para a Alemanha ou para a Holanda, lá isso é comum, aqui não.

             — O que diz é injusto e oposto à razão. Sabe que ser homossexual não é uma escolha? É algo inato. E, ainda que se tratasse de uma opção, seria algo a respeitar.

                 — Mas neste país não é normal, pode sê-lo na Alemanha ou na Holanda, não na Roménia.

        Em frente da entrada do campo-santo paguei e, com sensação de impotência, despedi‑me do burgesso. No repenique do seu telemóvel, adivinhei chamada das trevas. Veio‑me à memória um colega de curso que, perante a possibilidade de ter casa ao lado de um cemitério, me disse que não receava os mortos; tinha, isso sim, muito medo dos vivos.

 [1] TABUCCHI, Antonio, Viagens e outras viagens, tradução de Maria da Piedade Ferreira, 1.ª edição, Alfragide, Publicações Dom Quixote, 2013, p. 64.

 

Luso.eu - Jornal das comunidades
Paulo Pego
Author: Paulo PegoEmail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor
Lista dos seus últimos textos

Adicione o seu comentário aqui!

luso.eu Jornal Comunidades

Não perca as promoções e novidades que reservamos para nossos fiéis assinantes.
O seu endereço de email é apenas utilizado para lhe enviar a nossa newsletter e informações sobre as nossas actividades. Você pode usar o link de cancelamento integrado em cada um de nossos e-mails a qualquer momento.

TEMOS NO SITE

Temos 1145 visitantes e 0 membros em linha

A SUA PUBLICIDADE AQUI?

EVENTOS ESTE MÊS

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

News Fotografia