terça-feira, 07 fevereiro 2023

A lama dos dias

Fev. 02, 2023 Hits:279 Crónicas

DIGNIFICAR A AUTORIDADE

Fev. 01, 2023 Hits:130 Crónicas

Homoousios

Jan. 31, 2023 Hits:160 Crónicas

O Escorpião Marcelo

Jan. 31, 2023 Hits:107 Opinião

Insuspeito assassino

Jan. 27, 2023 Hits:205 Crónicas

Isto não é um país É …

Jan. 20, 2023 Hits:488 Opinião

A Importância da Educaç…

Jan. 19, 2023 Hits:1879 Crónicas

Epistocracia - O óptimo …

Jan. 15, 2023 Hits:1022 Opinião

No Palácio do Raio

Jan. 15, 2023 Hits:438 Apontamentos

Volt Portugal torna-se o primeiro partido português a legislar estatutariamente a igualdade de género na sua liderança.





A sua generosidade permite a publicação diária de notícias, artigos de opinião, crónicas e informação do interesse das comunidades portuguesas.


Os membros do Volt Portugal aprovaram em Congresso a introdução nos estatutos do partido o modelo de co-liderança por duas pessoas de géneros não-coincidentes. A decisão ainda terá de ser aprovada pelo Tribunal Constitucional.

O 3º Congresso de Membros do Volt teve lugar online este sábado, 21 de janeiro, e iniciou-se com um minuto de silêncio pelas vítimas do conflito que decorre da invasão da Ucrânia. Foram discutidas e votadas alterações aos Estatutos que reforçam o alinhamento do Volt em Portugal com os restantes capítulos do Volt na Europa, além de uma vontade de simplificação administrativa e empoderamento das bases.

O ponto máximo do encontro foi o reconhecimento estatutário do modelo de co-liderança por duas pessoas de géneros não-coincidentes garantindo a igualdade nas posições de liderança. Iniciativa única em Portugal e defendida pela equipa de Ana Carvalho e Duarte Costa, que venceu as eleições internas do Volt Portugal em 2022 apoiando o funcionamento deste formato “amplamente testado e com êxito reconhecido nos vários capítulos nacionais do Volt na Europa”, afirma Ana Carvalho, co-presidente do Volt em Portugal. “A experiência do Volt por toda a Europa e também a nossa neste novo mandato em Portugal, tem sido que duas cabeças diversas presidem melhor do que uma”, esclarece a co-presidente do Volt Portugal.

Para o também co-presidente do Volt Portugal, Duarte Costa, liderar pessoas e organizações exige para além de uma visão estratégica sólida, a sensibilidade de entender e mobilizar pessoas diferentes. “Uma co-liderança diversa tem melhores condições de compromisso, de entender realidades diversas e de tomar decisões mais representativas dessa pluralidade”, afirma.

Ele reforça ainda que o Volt, enquanto maior partido pan-europeu presente em 31 países, já é por si uma das maiores inovações políticas de sempre na Europa. “Mas para além de políticas pensadas em âmbito europeu, queremos também novas formas de fazer e liderar em política. Entre elas, queremos co-lideranças que assegurem a igualdade de género, não só enquanto garantia, como também de boa prática de decisão e representação", finaliza Duarte.

Ambos os co-presidentes manifestaram estarem satisfeitos com as decisões democraticamente tomadas pelos membros do partido e esperam ver a sua validação pelo Tribunal Constitucional no decorrer de 2023.

O que é o Volt?
O Volt é um partido pan-Europeu, presente em 31 países, reconhecido como partido em 18 deles e que conta com mais de 100 mandatos eleitos em todos os níveis de administração e cerca de 20.000 membros em todo o continente. É progressista e foi criado como movimento em março de 2017 em reação ao Brexit, aos populismos, aos extremismo, ao cepticismo sobre a União Europeia e aos nacionalismos. É um partido pragmático, fundamentando as suas propostas na evidência científica e nas boas práticas. As suas políticas são elaboradas pelas bases do partido e posicionam-se num espectro liberal, social e ecologista. Em Portugal surgiu em dezembro de 2017 e foi formalizado em 2020.

Qual é a nossa visão?

Queremos uma Europa verdadeiramente unida, democrática, solidária e inclusiva, que valorize as pessoas. Uma Europa que lhes permita fazer parte da solução para os desafios que enfrentam. Defendemos uma União Europeia federal com presidente e governo eleitos, bem como uma mais consistente integração política, social e económica.

 Quais são os nossos valores?

A dignidade humana, a igualdade de oportunidades, a liberdade, a sustentabilidade, a justiça e a solidariedade. Somos livres de ideologias de esquerda ou de direita e estamos focados em encontrar as melhores soluções para todas as pessoas.

 

Luso.eu - Jornal das comunidades
Redacção
Author: RedacçãoEmail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor
Lista dos seus últimos textos

Adicione o seu comentário aqui!

luso.eu Jornal Comunidades

Não perca as promoções e novidades que reservamos para nossos fiéis assinantes.
O seu endereço de email é apenas utilizado para lhe enviar a nossa newsletter e informações sobre as nossas actividades. Você pode usar o link de cancelamento integrado em cada um de nossos e-mails a qualquer momento.

TEMOS NO SITE

Temos 571  pessoas que estão a ver esta página no momento, e 0 membros em linha

A SUA PUBLICIDADE AQUI?

EVENTOS ESTE MÊS

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

News Fotografia