quinta-feira, 29 setembro 2022

Então Paris como é?

Set. 28, 2022 Hits:22 Crónicas

Desliguei a internet

Set. 26, 2022 Hits:62 Crónicas

OS TEMPOS DAS CIDADES

Set. 19, 2022 Hits:105 Crónicas

Quem vai pagar impostos?

Set. 19, 2022 Hits:94 Opinião

Os robots não devem paga…

Set. 18, 2022 Hits:232 Opinião

Paternalismo

Set. 14, 2022 Hits:87 Crónicas

A BICICLETA DOS ANJOS

Set. 12, 2022 Hits:75 Crónicas

UM CIMBALINO SE FAZ FAVOR

Set. 10, 2022 Hits:339 Crónicas

O aroma do café no ar

Set. 05, 2022 Hits:87 Crónicas

Ucrânia: Marcelo desaconselha "brincar com o fogo" e pede prudência nas decisões monetárias da UE





A sua generosidade permite a publicação diária de notícias, artigos de opinião, crónicas e informação do interesse das comunidades portuguesas.


O Presidente da República desaconselhou hoje "brincar com o fogo", pedindo para se evitar "precipitações em decisões monetárias" na União Europeia (UE) e para não se "acirrar mercados e alimentar riscos de estagflação".

Na sessão de abertura de uma conferência da Ordem dos Economistas, na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, Marcelo Rebelo de Sousa defendeu que a prioridade agora é "abreviar a guerra" na Ucrânia, "e evitando sempre o que pode enfraquecer economicamente aqueles, como a UE, que têm de manter o seu vigor até ao fim desta guerra e depois dela".

"Ou seja, como muito bem disse o senhor governador do Banco de Portugal: evitando precipitações em decisões monetárias neste ano de 2022, que, somadas aos sinais já existentes, agravariam o risco de alguma estagnação", prosseguiu o chefe de Estado, que discursou depois de Mário Centeno.

Recordando a "estagflação dos anos 70", Marcelo Rebelo de Sousa acrescentou: "Para que haja mesmo crescimento sustentado no médio, longo prazo e, antes disso, vigor para esta guerra, talvez seja sensato começar por não acirrar mercados e alimentar riscos de estagflação".

O Presidente da República referiu que "assim o disse, e muito bem, o senhor governador do Banco de Portugal", Mário Centeno, e também, na quinta-feira, "na forma compromissória possível, o Banco Central Europeu (BCE)".

"Brincar com o fogo nunca foi muito inteligente, na economia como na política, em particular em tempos de guerra", advertiu.

Luso.eu - Jornal das comunidades
Redacção
Author: RedacçãoEmail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor
Lista dos seus últimos textos

Adicione o seu comentário aqui!

luso.eu Jornal Comunidades

Não perca as promoções e novidades que reservamos para nossos fiéis assinantes.
O seu endereço de email é apenas utilizado para lhe enviar a nossa newsletter e informações sobre as nossas actividades. Você pode usar o link de cancelamento integrado em cada um de nossos e-mails a qualquer momento.

TEMOS NO SITE

Temos 765 visitantes e 0 membros em linha

A SUA PUBLICIDADE AQUI?

EVENTOS ESTE MÊS

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

News Fotografia