Faça login na sua conta

Usuário *
Senha *
Lembre de mim

Crie a sua conta aqui!

Os campos marcados com um asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Usuário *
Senha *
Verifique a senha *
Email *
Verificar e-mail *
Captcha *
Reload Captcha
domingo, 05 dezembro 2021

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário

Sondagem

Os vacinados devem ter prioridade no acesso aos cuidados de saúde em relação aos não vacinados?
  • Votes: (0%)
  • Votes: (0%)
  • Votes: (0%)
Total Votes:
First Vote:
Last Vote:

Problema com vistos para estudantes são-tomenses "está ultrapassado" - Santos Silva



O luso.eu Jornal das comunidades é gratuito mas quero ajudar!

O ministro de Estado e Negócios Estrangeiros português, Augusto Santos Silva, disse hoje à Lusa que “já está ultrapassado” o problema relacionado com a recusa de vistos para entrada em Portugal a cerca de 400 estudantes são-tomenses.

“Havia uma questão de habilitação legal que era preciso resolver e está resolvida pelas autoridades são-tomenses e, portanto, nós estamos em condições de processar os vistos àqueles estudantes que vêm com todo o gosto para nós, fazer ensino profissional e formação profissional em Portugal”, afirmou Santos Silva.

O governante falava à margem da cerimónia de entrega do Prémio Imprensa Nacional/Ferreira de Castro 2020 e a apresentação da coleção “Comunidades Portuguesas”, da Imprensa Nacional-Casa da Moeda (INCM), em Lisboa.

Relativamente ao caso dos vistos, Santos Silva reiterou que era necessária “uma habilitação legal específica”.

“As autoridades são-tomenses já estabeleceram e, portanto, agora o processo normal de atribuição dos vistos, que são vistos nacionais, e portanto obedecem a uma tramitação específica, mas a nossa secção consular em São Tomé e Príncipe tem agora todas as condições para fazê-lo”, acrescentou.

Na terça-feira foi anunciado em São Tomé e Príncipe que o Governo são-tomense se reuniu com o embaixador de Portugal, Rui Carmo, para analisar as reclamações sobre o atraso de viagem e concessão de visto a cerca de 400 estudantes são-tomenses.

Após mais de uma hora e meia de conversa que decorreu no Palácio do Governo, o ministro do Trabalho, Solidariedade, Família e Formação Profissional, Adlander Matos em declarações à imprensa estatal que esteve no local esclareceu que foi um processo natural solicitado pelo chefe do Governo são-tomense e envolvendo também os ministros dos Negócios Estrangeiros e da Juventude.

“O primeiro-ministro solicitou a presença do senhor embaixador de Portugal no sentido de nós conversarmos sobre o ponto da situação do processo de concessão de vistos aos estudantes, particularmente no domínio da formação profissional”, explicou.

O governante referiu então que são cerca de 400 estudantes afetados por esta situação.


Adicionar o seu comentário aqui!

luso.eu Jornal Comunidades

TEMOS NO SITE

Temos 280 visitantes e 0 membros em linha

Não perca as promoções e novidades que reservamos para nossos fiéis assinantes.
O seu endereço de email é apenas utilizado para lhe enviar a nossa newsletter e informações sobre as nossas actividades. Você pode usar o link de cancelamento integrado em cada um de nossos e-mails a qualquer momento.

A SUA PUBLICIDADE AQUI?

EVENTOS ESTE MÊS

News Fotografia