Presidenciais: BE assume que caso projeções se confirmem objetivos não foram atingidos



O luso.eu Jornal das comunidades é gratuito mas quero ajudar!

(Lusa) – O BE assumiu hoje que, se as projeções de confirmarem, a candidatura de Marisa Matias não atingiu os objetivos traçados, apontando para uma reconfiguração da direita resultante da normalização da extrema-direita, que considera “um mau resultado para o país”.

Pedro Filipe Soares foi quem, em nome da candidatura, apoiada pelo BE, de Marisa Matias à Presidência da República, fez uma primeira reação às projeções já conhecidas dos resultados das eleições presidenciais de hoje.

“Sendo conhecidos agora os dados das projeções que iremos avaliar ao longo da noite, a primeira conclusão que gostaríamos de partilhar convosco é que reconhecemos que os resultados, se as projeções se confirmarem, demonstrarão que não atingimos os objetivos que tínhamos traçado para estas eleições”, assumiu.

O segundo ponto relevante para o dirigente bloquista é que se assiste, com estes resultados, “a uma reconfiguração da direita”.

“Em particular a um reconhecimento que normalizar a extrema-direita é um mau resultado para o país. Avisámos várias vezes e muitas das vezes fomos ignorados e outras das vezes fomos até contestados. A normalização da extrema-direita, feita em particular pelos agentes da direita, resulta numa reconfiguração que hoje está aos olhos de todas e de todos”, criticou.


Adicionar o seu comentário aqui!