quarta-feira, 08 fevereiro 2023

A lama dos dias

Fev. 02, 2023 Hits:280 Crónicas

DIGNIFICAR A AUTORIDADE

Fev. 01, 2023 Hits:130 Crónicas

Homoousios

Jan. 31, 2023 Hits:161 Crónicas

O Escorpião Marcelo

Jan. 31, 2023 Hits:108 Opinião

Insuspeito assassino

Jan. 27, 2023 Hits:207 Crónicas

Isto não é um país É …

Jan. 20, 2023 Hits:489 Opinião

A Importância da Educaç…

Jan. 19, 2023 Hits:1882 Crónicas

Epistocracia - O óptimo …

Jan. 15, 2023 Hits:1023 Opinião

No Palácio do Raio

Jan. 15, 2023 Hits:440 Apontamentos

OE2023: Chega remete ao Ministério Público alegada alteração de dados de contribuintes pelas Finanças





A sua generosidade permite a publicação diária de notícias, artigos de opinião, crónicas e informação do interesse das comunidades portuguesas.


O líder do Chega, André Ventura, anunciou hoje que "fará chegar ao Ministério Público" a situação de alegada alteração de dados de contribuintes no Portal das Finanças no âmbito do pagamento do apoio extraordinário de 125 euros.

"Hoje acordámos todos com a indignação de milhões de contribuintes que tinham visto o seu IBAN alterado sem consentimento pelas Finanças. A trapalhada é tão grande, a ânsia de fazer chegar as coisas acima da velocidade é tão grande que dá em trapalhadas", afirmou.

O líder e deputado do Chega falava na Assembleia da República, no arranque da discussão na generalidade da proposta de Orçamento do Estado para o próximo ano.

"Certamente que o Chega fará chegar ao Ministério Público aquilo que hoje aconteceu, por ser grave demais que contribuintes vejam os seus dados alterados com a chancela do Ministério das Finanças", afirmou.

Em comunicado, citado pela CNN Portugal, o Portal da Queixa referiu ter recebido reclamações por parte de contribuintes que viram "o IBAN alterado sem serem informados".

No sábado, o fisco indicou que os contribuintes que tenham detetado a existência de problemas com o seu IBAN no Portal das Finanças devem verificar qual o número da conta bancária que têm indicada e atualizá-lo.

Como forma de mitigar o impacto da subida de preços, o Governo criou um pacote de ajudas às famílias que contempla o apoio extraordinário a titulares de rendimentos (que não de pensões), no valor de 125 euros, abrangendo pessoas com rendimentos anuais brutos até 37.800 euros na declaração de IRS de 2021 e residentes em Portugal.

As famílias (independentemente do seu rendimento) com dependentes até aos 24 anos (ou sem limite de idade no caso dos dependentes por incapacidade), recebem um apoio extra de 50 euros por filho, sendo este valor atribuído às pessoas identificadas como sendo os respetivos responsáveis parentais na declaração do IRS.

Na sexta-feira, o ministro das Finanças, Fernando Medina, indicou que os apoios extraordinários para fazer face à inflação já chegaram a 3,8 milhões de portugueses, totalizando 1.123 milhões de euros.

Na segunda-feira, o Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social adiantou que o apoio de 125 euros iria ser pago pela Segurança Social a quem recebe algumas prestações sociais, abrangendo 1,6 milhões de beneficiários.

Luso.eu - Jornal das comunidades
Redacção
Author: RedacçãoEmail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor
Lista dos seus últimos textos

Adicione o seu comentário aqui!

luso.eu Jornal Comunidades

Não perca as promoções e novidades que reservamos para nossos fiéis assinantes.
O seu endereço de email é apenas utilizado para lhe enviar a nossa newsletter e informações sobre as nossas actividades. Você pode usar o link de cancelamento integrado em cada um de nossos e-mails a qualquer momento.

TEMOS NO SITE

Temos 1390  pessoas que estão a ver esta página no momento, e 0 membros em linha

A SUA PUBLICIDADE AQUI?

EVENTOS ESTE MÊS

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

News Fotografia