quinta-feira, 06 outubro 2022

O AMOR DE MÃE É ETERNO

Out. 04, 2022 Hits:81 Crónicas

INSULTUOSO – CORROMPIDO…

Out. 01, 2022 Hits:250 Opinião

Então Paris como é?

Set. 28, 2022 Hits:49 Crónicas

Desliguei a internet

Set. 26, 2022 Hits:73 Crónicas

OS TEMPOS DAS CIDADES

Set. 19, 2022 Hits:118 Crónicas

Quem vai pagar impostos?

Set. 19, 2022 Hits:112 Opinião

Os robots não devem paga…

Set. 18, 2022 Hits:247 Opinião

Paternalismo

Set. 14, 2022 Hits:100 Crónicas

O COMPROMISSO COM AS COMUNIDADES





A sua generosidade permite a publicação diária de notícias, artigos de opinião, crónicas e informação do interesse das comunidades portuguesas.


A Comissão Política do PS aprovou com 83% dos votos favoráveis as listas de deputados candidatos à Assembleia da República, para assim dar continuidade à legislatura interrompida pelo chumbo do Orçamento de Estado para 2022. Agradeço muito particularmente ao Secretário-Geral do PS, António Costa e ao Secretário-Geral Adjunto, José Luís Carneiro, a confiança que depositaram em mim, dando-me a grande honra de renovar o meu mandato como cabeça de lista pelo Círculo da Europa, servindo assim o país servindo as comunidades.

A luta pela afirmação e valorização das comunidades, tanto no estrangeiro como em Portugal, continuará a ser a nossa grande prioridade, minha e a de todos os membros da lista candidata pelo Círculo da Europa, efetivos e suplentes, Nathalie de Oliveira, Alfredo Stoffel e Joana Benzinho. Estamos focados no mesmo objetivo de contribuir para uma grande vitória do Partido Socialista no Círculo da Europa nas eleições legislativas de 30 de janeiro, cuja votação nas comunidades se realiza por correio.

Agradeço também de forma muito reconhecida a confiança e o apoio que também depositaram em mim os 13 dos 16 coordenadores e secções do PS na Europa. O seu apoio expresso é para mim motivo de grande orgulho e um extraordinário fator de motivação, consciente que estou do sentido da responsabilidade que isso implica, de humildemente ser o porta-voz dos seus anseios, tanto relativamente às comunidades como ao Partido Socialista. Continuarei a fazer o meu melhor, com energia e determinação, para manter a relação de proximidade que sempre procurei ter com as nossas estruturas, militantes e comunidades, ouvindo todos e amplificando a sua voz no Parlamento, no Governo e na sociedade, neste círculo eleitoral gigante que é a Europa.

Uma palavra de gratidão também para os meus companheiros de lista desde 2019 Ilídio Morgado e Sílvia Paradela, que ao longo destes anos sempre manifestaram uma disponibilidade sem falhas para a defesa das comunidades portuguesas e a quem devo uma amizade que me sensibiliza.

E ainda uma palavra de gratidão, claro, para os inúmeros membros das nossas comunidades espalhadas pela Europa, que sempre me têm apoiado de forma tão generosa, ajudando-me nas minhas deslocações, incentivando-me, propondo ideias, chamando a atenção para a necessidade de resolução de problemas que afetam os portugueses residentes no estrangeiro.

Nas comunidades portuguesas, na diáspora, o grande desafio será sempre criar um sentido de comunhão entre os que estão dentro das fronteiras do país e os que estão fora. Somos um só povo, que merece por inteiro a mesma atenção e cuidado, políticas fortes, inovadoras e inclusivas.

Muito já foi feito para valorizar a nossa diáspora, para lhe dar voz e envolvê-la na transformação do país, mas haverá sempre muito mais por fazer. Estar longe da vista não pode significar estar longe do coração, porque cada português no estrangeiro ou lusodescendente representa sempre aquilo que somos como povo e país, representa a nossa identidade e o nosso destino coletivo. Cada português e lusodescendente no estrangeiro têm muito a dar a Portugal e espera também do país aquele sinal que o confirma como cidadão de corpo inteiro, sem qualquer tipo de discriminações.

A todos os que me têm apoiado neste caminho quantas vezes difícil e, quantas vezes, tão incompreendido, o meu humilde agradecimento, a que junto a minha total disponibilidade para os combates do futuro. O nosso compromisso, o compromisso da nossa lista, é com as comunidades portuguesas. É um compromisso com o objetivo enunciado pelo Primeiro-Ministro António Costa no encerramento do debate do Orçamento de Estado que os partidos da oposição chumbaram: dar o nosso melhor contributo para que o Partido Socialista possa alcançar uma maioria reforçada, estável e duradoura nas eleições legislativas de 30 de janeiro de 2022.

Paulo Pisco

Deputado e cabeça de lista do PS no Círculo da Europa às eleições de 30 de Janeiro de 2022

Luso.eu - Jornal das comunidades
Redacção
Author: RedacçãoEmail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor
Lista dos seus últimos textos

Adicione o seu comentário aqui!

luso.eu Jornal Comunidades

Não perca as promoções e novidades que reservamos para nossos fiéis assinantes.
O seu endereço de email é apenas utilizado para lhe enviar a nossa newsletter e informações sobre as nossas actividades. Você pode usar o link de cancelamento integrado em cada um de nossos e-mails a qualquer momento.

TEMOS NO SITE

Temos 1913 visitantes e 0 membros em linha

A SUA PUBLICIDADE AQUI?

EVENTOS ESTE MÊS

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

News Fotografia