domingo, 14 agosto 2022

(ENGIE)nharia jurídica

Ago. 13, 2022 Hits:29 Opinião

A IGREJA QUE NÃO ACREDIT…

Ago. 08, 2022 Hits:378 Opinião

Consequências do Dever

Ago. 08, 2022 Hits:78 Crónicas

A Sombra e as Árvores

Ago. 07, 2022 Hits:268 Crónicas

Pai rico, Pai pobre

Ago. 04, 2022 Hits:227 Crónicas

DA LEITURA

Ago. 02, 2022 Hits:81 Crónicas

Enquanto o pau vai e vem

Jul. 31, 2022 Hits:99 Crónicas

É PROIBIDO NASCER EM AGO…

Jul. 29, 2022 Hits:673 Opinião

Legislativas: PS afirma ter conquistado os dois mandatos do círculo da Europa





A sua generosidade permite a publicação diária de notícias, artigos de opinião, crónicas e informação do interesse das comunidades portuguesas.


O Partido Socialista afirmou hoje ter conquistado os dois mandatos do círculo da Europa na repetição das eleições legislativas, segundo o cabeça-de lista do partido por este círculo, Paulo Pisco.

Com apenas cinco mesas por contar, o PS reúne 34.162 votos e o PSD 15.585, segundo os resultados provisórios, o que significa que Paulo Pisco e Nathalie de Oliveira, ambos socialistas, serão os dois deputados do círculo da Europa na Assembleia da República, disse Pisco à Lusa.

Na votação inicial, em 30 de janeiro, o PS tinha conquistado um mandato e o PSD outro, mas após a anulação de 80% dos votos deste círculo, o Tribunal Constitucional declarou a nulidade das eleições na Europa, que foi repetida este mês.

Com este resultado, que Paulo Pisco diz ser "irreversível", o Partido Socialista garante um total de 120 dos 230 assentos parlamentares.

“Este resultado representa uma manifestação muito clara da confiança dos portugueses na Europa relativamente ao Partido Socialista e também uma grande lição para todos aqueles que acham que podem instrumentalizar as nossas comunidades”, disse Paulo Pisco à Lusa.

O deputado socialista enviou também “uma palavra muito especial a todos os portugueses eleitores na Europa que não desistiram de votar na repetição das eleições”.

“Havia desânimo, mas eu creio que todos compreenderam que o seu voto era verdadeiramente fundamental para dar força e voz às nossas comunidades na Assembleia da República e também no nosso país”, acrescentou.

O deputado afirmou ainda que 109 mil eleitores votaram na repetição de 12 e 13 de março, mais do que os 107 mil votantes do círculo da Europa em 2019, mas menos do que os 195 mil eleitores que participaram nas eleições de 30 de janeiro.

A contagem de votos dos emigrantes inscritos no círculo da Europa, que repetiram as legislativas de 30 de janeiro, termina hoje em Lisboa.

Na origem da repetição das eleições esteve a falta de uma cópia do documento de identificação em numerosos votos de emigrantes, que motivou a anulação de mais de 157 mil votos, 80% do total.

Chamado a pronunciar-se sobre a anulação desses votos, o Tribunal Constitucional (TC) declarou a nulidade das eleições nestas assembleias, o que obrigou à sua repetição, atrasando a constituição do novo parlamento e a posse do Governo.

Luso.eu - Jornal das comunidades
Redacção
Author: RedacçãoEmail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor
Lista dos seus últimos textos

Adicione o seu comentário aqui!

luso.eu Jornal Comunidades

Não perca as promoções e novidades que reservamos para nossos fiéis assinantes.
O seu endereço de email é apenas utilizado para lhe enviar a nossa newsletter e informações sobre as nossas actividades. Você pode usar o link de cancelamento integrado em cada um de nossos e-mails a qualquer momento.

TEMOS NO SITE

Temos 1376 visitantes e 0 membros em linha

A SUA PUBLICIDADE AQUI?

EVENTOS ESTE MÊS

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

News Fotografia