segunda-feira, 26 setembro 2022

OS TEMPOS DAS CIDADES

Set. 19, 2022 Hits:98 Crónicas

Quem vai pagar impostos?

Set. 19, 2022 Hits:87 Opinião

Os robots não devem paga…

Set. 18, 2022 Hits:117 Opinião

Paternalismo

Set. 14, 2022 Hits:82 Crónicas

A BICICLETA DOS ANJOS

Set. 12, 2022 Hits:65 Crónicas

UM CIMBALINO SE FAZ FAVOR

Set. 10, 2022 Hits:336 Crónicas

O aroma do café no ar

Set. 05, 2022 Hits:79 Crónicas

Rota dos Registos Civis

Set. 04, 2022 Hits:219 Opinião

Espanto e Vergonha

Ago. 28, 2022 Hits:129 Opinião

Governo: Apoios diretos aos agricultores vão aumentar de forma significativa - Costa





A sua generosidade permite a publicação diária de notícias, artigos de opinião, crónicas e informação do interesse das comunidades portuguesas.


O primeiro-ministro afirmou que Portugal recebeu hoje, em Bruxelas, “luz verde” da Comissão Europeia para proceder a um reforço significativo dos apoios diretos a conceder aos agricultores que enfrentam uma conjuntura económica adversa.

António Costa transmitiu esta decisão resultante do Conselho de Ministros da Agricultura da União Europeia na Assembleia da República, durante o período de resposta à segunda ronda de perguntas dos deputados no debate do Programa do Governo.

Na sequência de uma intervenção do deputado do PCP João Dias, que criticou a atual situação dos agricultores e dos pescadores em Portugal, confrontados com uma forte alta dos custos de produção, o líder do executivo disse que a sua ministra da Agricultura, Maria do Céu Antunes, teve hoje “sucesso” em Bruxelas.

“A Comissão Europeia vai adotar a orientação legislativa que nos permite tomar uma medida não com base no primeiro pilar da Política Agrícola Comum (PAC), mas com base nos dois pilares da PAC, o que nos permitirá reforçar de forma significativa o apoio direto aos agricultores nesta fase muito difícil que estão a atravessar por causa da inflação”, declarou António Costa.

O primeiro-ministro referiu depois que hoje, durante o discurso que proferiu na abertura do debate do Programa do Governo, especificou “duas medidas fundamentais para o reforço dos apoios ao setor agroalimentar: A isenção do IVA nas rações e a isenção do IVA nos fertilizantes, que têm estado a pressionar significativamente o aumento dos custos de produção”.

“Disse também que a Comissão Europeia já tinha aberto a possibilidade de haver uma ajuda direta a partir do primeiro pilar da PAC de nove milhões de euros, podendo o Orçamento do Estado reforçar em 200% essa dotação, o que significa que Portugal vai reforçar em mais 18 milhões de euros”, apontou.

No entanto, logo a seguir, perante os deputados, o primeiro-ministro reconheceu o caráter limitado dessa medida e assumiu mesmo que Portugal está neste domínio em concreto em posição de “desigualdade relativamente à maioria dos Estados-membros, já que o primeiro pilar da PAC é para a generalidade dos países o mais importante em termos financeiros”.

“Pelo contrário, de acordo com o líder do executivo, Portugal é um dos poucos países onde as verbas mais significativas estão no segundo pilar da PAC. Ora, limitar a medida [da Comissão Europeia] ao primeiro pilar da PAC, onde na chave de repartição só temos nove milhões de euros, restringe-nos muito. Os 200% só são 18 milhões. Foi em relação a isso que a ministra da Agricultura se esteve a bater hoje em Bruxelas”, acrescentou.

Luso.eu - Jornal das comunidades
Redacção
Author: RedacçãoEmail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor
Lista dos seus últimos textos

Adicione o seu comentário aqui!

luso.eu Jornal Comunidades

Não perca as promoções e novidades que reservamos para nossos fiéis assinantes.
O seu endereço de email é apenas utilizado para lhe enviar a nossa newsletter e informações sobre as nossas actividades. Você pode usar o link de cancelamento integrado em cada um de nossos e-mails a qualquer momento.

TEMOS NO SITE

Temos 1041 visitantes e 0 membros em linha

A SUA PUBLICIDADE AQUI?

EVENTOS ESTE MÊS

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

News Fotografia