segunda-feira, 26 setembro 2022

OS TEMPOS DAS CIDADES

Set. 19, 2022 Hits:98 Crónicas

Quem vai pagar impostos?

Set. 19, 2022 Hits:87 Opinião

Os robots não devem paga…

Set. 18, 2022 Hits:117 Opinião

Paternalismo

Set. 14, 2022 Hits:82 Crónicas

A BICICLETA DOS ANJOS

Set. 12, 2022 Hits:65 Crónicas

UM CIMBALINO SE FAZ FAVOR

Set. 10, 2022 Hits:336 Crónicas

O aroma do café no ar

Set. 05, 2022 Hits:79 Crónicas

Rota dos Registos Civis

Set. 04, 2022 Hits:219 Opinião

Espanto e Vergonha

Ago. 28, 2022 Hits:129 Opinião

Francisco Rodrigues dos Santos não será recandidato à liderança do CDS





A sua generosidade permite a publicação diária de notícias, artigos de opinião, crónicas e informação do interesse das comunidades portuguesas.


O presidente demissionário do CDS-PP, Francisco Rodrigues dos Santos, não vai recandidatar-se à liderança, confirmou à Lusa fonte do partido.

No final do ano passado, Francisco Rodrigues dos Santos, líder do CDS-PP desde janeiro de 2020, anunciou que seria recandidato no congresso que esteve marcado para novembro, mas foi adiado. Também durante a campanha eleitoral deu indicação que queria voltar a ir a votos.

No entanto, agora "não avança", indicou à Lusa fonte do partido, próxima de Rodrigues dos Santos.

Na sequência de o CDS-PP ter tido no domingo o pior resultado de sempre em eleições legislativas, que afastou o partido da Assembleia da República, o líder anunciou que pediu a demissão.

Questionado na altura sobre uma recandidatura, disse que "o futuro a Deus pertence" e mostrou-se disponível para "ajudar" o CDS "neste recomeço".

Hoje, o eurodeputado Nuno Melo anunciou hoje que será candidato à liderança se conseguir garantir "condições institucionais" para "um caminho novo, unificador", apontando que não abandona o partido "no momento mais difícil da sua história".

"Uma coisa quero garantir: no que de mim depender, o CDS não acaba aqui. Farei um conjunto de contactos para confirmar que há condições institucionais e práticas para que o CDS possa começar um caminho novo, unificador, mobilizador e respeitador", escreveu, na sua página de Facebook.

"Apurando-se esse quadro de normalidade, serei candidato à presidência do CDS no próximo congresso", anunciou o dirigente centrista, referindo que "nunca" virou as costas ao partido e não o abandona "no momento mais difícil da sua história".

Luso.eu - Jornal das comunidades
Redacção
Author: RedacçãoEmail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor
Lista dos seus últimos textos

Adicione o seu comentário aqui!

luso.eu Jornal Comunidades

Não perca as promoções e novidades que reservamos para nossos fiéis assinantes.
O seu endereço de email é apenas utilizado para lhe enviar a nossa newsletter e informações sobre as nossas actividades. Você pode usar o link de cancelamento integrado em cada um de nossos e-mails a qualquer momento.

TEMOS NO SITE

Temos 546 visitantes e 0 membros em linha

A SUA PUBLICIDADE AQUI?

EVENTOS ESTE MÊS

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

News Fotografia