Faça login na sua conta

Usuário *
Senha *
Lembre de mim

Crie a sua conta aqui!

Os campos marcados com um asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Usuário *
Senha *
Verifique a senha *
Email *
Verificar e-mail *
Captcha *
Reload Captcha
quarta-feira, 22 setembro 2021

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário

Eurodeputados apelam à Presidência Portuguesa para erradicar subsídios da UE às touradas



O luso.eu Jornal das comunidades é gratuito mas quero ajudar!

O eurodeputado Francisco Guerreiro (Verdes/Aliança Livre Europeia) liderou uma carta à Presidência Portuguesa do Conselho da União Europeia (PPUE) na qual pede que, durante as atuais negociações da Política Agrícola Comum (PAC) 2021-2027, a Presidência interceda para que a decisão final das três instituições (Conselho da UE, Parlamento Europeu e Comissão Europeia) seja de erradicar o financiamento das touradas através de subsídios agrícolas europeus. 

 "Vimos instar a Presidência Portuguesa do Conselho da UE para que, durante as negociações interinstitucionais, apele a um consenso institucional em concordância com a posição assumida pela larga maioria dos cidadãos e defenda, assim, uma PAC que se abstém de apoiar através de subsídios - diretos ou indiretos - a tortura de animais para entretenimento em touradas”, escrevem os eurodeputados na carta remetida à Ministra da Agricultura Portuguesa, Maria do Céu Antunes, que atualmente representa a pasta da agricultura no Conselho, em nome dos restantes Estados-Membros. 

Tendo em vista uma reunião interinstitucional (trílogo) que decorre amanhã e onde será discutida uma emenda do Parlamento Europeu (inicialmente proposta pelos Verdes/ALE) que visa findar com os chamados 'apoios associados' para a reprodução de animais utilizados para touradas, Francisco Guerreiro e mais 33 eurodeputados pedem à Ministra, para que apoie esta emenda e a promova junto da Comissão e Parlamento. Em causa está o artigo 31(1c, que refere que «o apoio associado exclui proporcionalmente o número de cabeças de gado cujo destino final seja a venda para atividades relacionadas com touradas, quer por venda direta quer através de intermediários [1]».

Esta iniciativa de Francisco Guerreiro junta-se a uma anterior (2020) que reuniu várias famílias políticas para travar a classificação das touradas como Património Cultural Imaterial da Humanidade pela UNESCO, distinção que foi a posteriori rejeitada. No mandato anterior do Parlamento Europeu, também já tinha havido acordo entre os eurodeputados para erradicar o apoio da atividade por meio de subsídios Europeus, mas o acordo foi tido como inválido pela Comissão por não incidir sobre a PAC. 

A emenda em questão, 31(1c), foi aprovada (335 a favor, 297 contra e 60 abstenções) pelo Parlamento Europeu em Plenário em Outubro 2020, durante as votações da PAC. 

A Política Agrícola Comum é o sistema de subsídios comunitários ao setor agrícola que é renovado a cada sete anos, sendo que para tal renovação as três instituições devem alcançar um acordo através de reuniões (trílogos). O orçamento europeu do Quadro Financeiro Plurianual (QFP) proposto pela Comissão para a próxima PAC é de €365 bilhões.


Adicionar o seu comentário aqui!

luso.eu Jornal Comunidades

TEMOS NO SITE

Temos 346 visitantes e 0 membros em linha

Não perca as promoções e novidades que reservamos para nossos fiéis assinantes.
O seu endereço de email é apenas utilizado para lhe enviar a nossa newsletter e informações sobre as nossas actividades. Você pode usar o link de cancelamento integrado em cada um de nossos e-mails a qualquer momento.

A SUA PUBLICIDADE AQUI?

EVENTOS ESTE MÊS

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

News Fotografia