Faça login na sua conta

Usuário *
Senha *
Lembre de mim

Crie a sua conta aqui!

Os campos marcados com um asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Usuário *
Senha *
Verifique a senha *
Email *
Verificar e-mail *
Captcha *
Reload Captcha
sexta-feira, 21 janeiro 2022

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário

Covid-19: PAN questiona Comissão sobre seguimento dado a recomendações do TCE para mitigação de pandemias e outras doenças transfronteiriças



O luso.eu Jornal das comunidades é gratuito mas quero ajudar!

Em resposta à atual estratégia de combate ao vírus Covid-19 adotada pela Comissão Europeia, o eurodeputado Francisco Guerreiro questionou a mesma sobre o seguimento dado às recomendações divulgadas pelo Tribunal de Contas Europeu (TCE) no relatório especial “Ameaças sanitárias transfronteiriças graves na UE: foram tomadas medidas importantes, mas é necessário ir mais longe” (No 28/2016).

O relatório destaca que a União Europeia (UE) apresenta várias fraquezas no seu plano de combate a pandemias e a outras ameaças à saúde transfronteiriças. Relembra, também, que a UE não tem uma estratégia comunitária para dar resposta a eventuais carências urgentes de vacinas e a outras contramedidas médicas. Para além disto, são ainda apontadas várias deficiências a nível de coordenação entre os vários programas e serviços da Comissão, que se afiguram como entraves à gestão destas crises sanitárias.

Neste sentido, Francisco Guerreiro, dos Verdes/ALE, perguntou à Comissão que recomendações do TCE foram tidas em conta desde a publicação do relatório (2016) e, assim, implementadas na estratégia de saúde da UE; e de que forma se tem procurado aumentar a cooperação entre a UE e os Estados Membros. O eurodeputado pergunta, ainda, que verbas foram canalizadas para a, eventual, implementação destas recomendações e que programas ou serviços virão a ser financiados pelo Quadro Financeiro Plurianual para 2021-2027.

“O Tribunal de Contas Europeu alertou a Comissão Europeia em 2016 para a urgência de atualizar a sua estratégia de combate a doenças como aquela resultante do vírus Covid-19. Urge, agora, saber se este alerta foi realmente tido em consideração e se as recomendações do TCE que poderiam ter amenizado os efeitos do vírus foram aplicadas” - afirma o eurodeputado.


Adicionar o seu comentário aqui!

luso.eu Jornal Comunidades

TEMOS NO SITE

Temos 146 visitantes e 0 membros em linha

Não perca as promoções e novidades que reservamos para nossos fiéis assinantes.
O seu endereço de email é apenas utilizado para lhe enviar a nossa newsletter e informações sobre as nossas actividades. Você pode usar o link de cancelamento integrado em cada um de nossos e-mails a qualquer momento.

A SUA PUBLICIDADE AQUI?

EVENTOS ESTE MÊS

News Fotografia