Faça login na sua conta

Usuário *
Senha *
Lembre de mim

Crie a sua conta aqui!

Os campos marcados com um asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Usuário *
Senha *
Verifique a senha *
Email *
Verificar e-mail *
Captcha *
Reload Captcha
domingo, 28 novembro 2021

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário

Bloco de Esquerda questiona Comissão Europeia sobre Almaraz

O luso.eu Jornal das comunidades é gratuito mas quero ajudar!

Os deputados europeus do Bloco de Esquerda, Marisa Matias e José Gusmão, dirigiram hoje uma pergunta à Comissão Europeia sobre a central nuclear de Almaraz, na sequência dos incidentes registados nos reactores I e II durante o mês de Junho.

Para Marisa Matias e José Gusmão “a central nuclear de Almaraz continua a ser protagonista de diversas notícias e relatórios que denunciam a falhas graves de segurança, constituindo uma ameaça ambiental e de saúde pública para o Estado Espanhol e para Portugal”.

O prazo de vida da central terminou há 10 anos e apesar de estar completamente obsoleta, foi autorizada a continuar a funcionar por mais 10 anos, e agora até 2028. Há muito que os especialista avisam que mesmo que sejam feitos investimentos, os riscos são demasiado elevados, e que a manutenção em funcionamento da central nuclear é uma bomba-relógio para todas as populações.

No mandato anterior, Marisa Matias questionou diversas vezes a Comissão Europeia sobre esta matéria, tendo a mesmo optado sempre por se refugiar na desculpa, sempre apresentada pelo então Comissário espanhol; Miguel Árias Cañete, que o Estado Espanhol ainda não tinha transposto a Directiva de Segurança Nuclear. “Agora não pode haver desculpas”, disse Marisa Matias, “o prazo para a transposição terminou em 2017. Está na altura de retirar conclusões e de proteger o ambiente e as populações. Este é o tipo de acidentes que não conhece fronteiras.”

Os deputados do Bloco de Esquerda perguntam à Comissão Europeia como justifica o não cumprimento dos padrões da Directiva de Segurança Nuclear; que medidas tem tomado, e continuará a tomar, para assegurar que o Estado Espanhol cumpre as disposições comunitárias; e se irá a Comissão pressionar o Estado Espanhol a encerrar a central nuclear de Almaraz.


Adicionar o seu comentário aqui!

luso.eu Jornal Comunidades

TEMOS NO SITE

Temos 242 visitantes e 0 membros em linha

Não perca as promoções e novidades que reservamos para nossos fiéis assinantes.
O seu endereço de email é apenas utilizado para lhe enviar a nossa newsletter e informações sobre as nossas actividades. Você pode usar o link de cancelamento integrado em cada um de nossos e-mails a qualquer momento.

A SUA PUBLICIDADE AQUI?

EVENTOS ESTE MÊS

News Fotografia