domingo, 29 maio 2022

O Futuro é a Europa

maio 26, 2022 Hits:95 Opinião

Serafim Saudade

maio 22, 2022 Hits:95 Opinião

A Sabedoria e o Escrito

maio 18, 2022 Hits:116 Crónicas

Como se houvesse amanhã

maio 15, 2022 Hits:130 Crónicas

PCP (Partido Cumplicement…

maio 09, 2022 Hits:239 Opinião

Dia Mundial da Língua Po…

maio 05, 2022 Hits:351 Opinião

Vereadores da Coligação…

maio 04, 2022 Hits:1319 Opinião

Um domingo qualquer

maio 01, 2022 Hits:233 Crónicas

Portugal dos pequenitos

maio 01, 2022 Hits:223 Opinião

BE aponta o dedo ao executivo caminhense





A sua generosidade permite a publicação diária de notícias, artigos de opinião, crónicas e informação do interesse das comunidades portuguesas.


Impostos na vila de Caminha vão continuar no máximo, nomeadamente no IMI e IRS. Esta é uma decisão que o executivo da câmara de Caminha abordou na última assembleia municipal e que logo recebeu o desagrado do Bloco de Esquerda.

Em comunicado o Bloco de Esquerda sublinhou que “os caminhenses ficam alheados das decisões tomadas e das consequências que estas irão ter  nas suas vidas”, concretamente referiam-se ao valor que o actual executivo quer aplicar nas taxas de IMI e IRS.

Esta força política ainda destacou que “uma enorme carga fiscal” vai chegar aos caminhenses e, , ainda, referiram que “as finanças dos munícipes também têm de ser atendidas, daí que tenha  e deva haver um esforço partilhado e equilibrado das duas partes. Isto é, o munícipe contribui pagando  os impostos devidos mas, e principalmente por causa da perda de rendimentos generalizada durante  estes dois anos de pandemia, essa contribuição deveria ser atenuada”.

“A taxa do IMI (Imposto Municipal sobre os Imóveis) que os munícipes pagam anualmente e em  prestações, foi fixada no valor mais alto possível, sendo ignorado o apelo do Bloco de Esquerda que  propôs a sua redução. Em municípios vizinhos do Alto Minho esta taxa é cobrada pelo mínimo.    A taxa de IRS que é cobrada aos contribuintes domiciliados no concelho de Caminha pode  variar entre 0 e 5%. No entanto o Partido Socialista optou pelo valor máximo, ignorando o apelo do  Bloco de Esquerda que propôs uma taxa mais reduzida e votou contra esta taxa máxima. Refira-se que  em municípios vizinhos a taxa é reduzida chegando mesmo a ser zero”, lê-se na nota.

Luso.eu interpelou Miguel Alves, presidente da Câmara Municipal de Caminha, sobre esta carga de impostos aplicada aos caminhenses, mas uma mão cheia de nada foi a resposta do autarca, isto é, não houve nenhuma resposta.

Por outro lado, o Bloco de Esquerda também apontou o dedo a “taxa de derrama sobre os lucros das empresas e dos empresários  com sede no concelho. São pequenos comerciantes que  estão a recuperar destes dois anos de pandemia”.

O desagrado também se mostrou quanto ao regulamento em que empresas que instalem pontos de carga de veículos elétricos no  concelho ficam isentas de quaisquer taxas durante 10  anos.  O Bloco de Esquerda considerou este regulamento “escandaloso e discriminatório em relação aos munícipes já que o executivo não os isenta  de qualquer imposto e aos quais aplica as taxas nos valores mais elevados que pode”.

Recordar que no ano de 2013 aquando de uma baixa na carga fiscal o autarca socialista Miguel Alves realçou que o prepósito era “ter em atenção as pessoas. A nossa máquina tem que assumir este esforço e libertar as pessoas e, ainda, sublinhou que “não podemos aumentar o orçamento das famílias, podemos diminuir a carga fiscal das famílias caminhenses e racionalizar as despesas autárquicas”.

Luso.eu - Jornal das comunidades
Isabel Varela
Author: Isabel VarelaEmail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor
Lista dos seus últimos textos

Adicione o seu comentário aqui!

luso.eu Jornal Comunidades

Não perca as promoções e novidades que reservamos para nossos fiéis assinantes.
O seu endereço de email é apenas utilizado para lhe enviar a nossa newsletter e informações sobre as nossas actividades. Você pode usar o link de cancelamento integrado em cada um de nossos e-mails a qualquer momento.

TEMOS NO SITE

Temos 1217 visitantes e 0 membros em linha

A SUA PUBLICIDADE AQUI?

EVENTOS ESTE MÊS

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
9
10
12
13
15
17
18
19
20
22
24
25
26
27
28
29
30
31

News Fotografia