quinta-feira, 01 dezembro 2022

Dá-se com as duas mãos

Nov. 29, 2022 Hits:749 Crónicas

DEPOIS DO EUROMILHÕES

Nov. 27, 2022 Hits:755 Crónicas

PORTUGAL É RONALDO E RON…

Nov. 24, 2022 Hits:281 Opinião

Crónica triste para um d…

Nov. 20, 2022 Hits:157 Opinião

Em Ocasiões Especiais

Nov. 20, 2022 Hits:531 Crónicas

Os sonhos adiados

Nov. 19, 2022 Hits:224 Crónicas

IXELLES – UMA VILA DESO…

Nov. 15, 2022 Hits:273 Opinião

CRIANÇA PRESA NO PENICO

Nov. 13, 2022 Hits:480 Crónicas

Duas tardes em Coja

Nov. 13, 2022 Hits:824 Apontamentos

Esta vida de hipster

Nov. 08, 2022 Hits:147 Crónicas

Ladroagem Eleitoral

Nov. 06, 2022 Hits:357 Opinião

Fogos florestais: mudanças implementadas em Portugal após os trágicos incêndios de 2017





A sua generosidade permite a publicação diária de notícias, artigos de opinião, crónicas e informação do interesse das comunidades portuguesas.


Cientistas e responsáveis de vários organismos ligados à prevenção e combate a incêndios vão analisar, na próxima quarta-feira, dia 16 março, as mudanças implementadas no nosso país no rescaldo dos trágicos incêndios ocorridos em 2017. 

A iniciativa, que vai decorrer, entre as 9 e as 12 horas, hora de Lisboa, em formato webinar, é promovida no âmbito do projeto de investigação “FirEUrisk” (Developing A Holistic, Risk-Wise Strategy For European Wildfire Management, www.fireurisk.eu), coordenado pela Associação para o Desenvolvimento da Aerodinâmica Industrial (ADAI), da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC).

O “FirEUrisk”, que conta com 10 milhões de euros de financiamento da União Europeia (UE), junta em consórcio 39 parceiros de várias partes do mundo, designadamente, além de Portugal, Alemanha, Austrália, Bélgica, Canadá, Chipre, Espanha, Estados Unidos da América, França, Finlândia, Grécia, Holanda, Hungria, Israel, Itália, Reino Unido, Roménia, Suécia e Ucrânia. O projeto abrange todos os tipos de incêndios florestais, com foco particular em mega-incêndios, a interface urbano-florestal e os desafios dos incêndios emergentes no norte da UE.

«Após os violentos incêndios de 2107 que causaram 116 vítimas mortais em Portugal, o país reagiu propondo um extenso conjunto de reformas, tais como a criação de uma agência coordenadora, alterações em várias agências governamentais, definição detalhada do papel dos vários intervenientes, incluindo cidadãos, e o lançamento de um programa operacional para preparar melhor o país para eventos futuros», fundamentam os promotores do seminário. 

Assim, o evento pretende promover «uma reflexão sobre o caso de Portugal, compreender a filosofia das alterações propostas, a sua implementação e fazer uma avaliação da sua eficácia, cinco anos após os incêndios de 2017», afirmam. 

Intitulado “An Integrated Program of Wildfire Risk Management – The Case of Portugal”, o webinar será proferido em inglês. A participação é livre, mas o registo é obrigatório em https://us06web.zoom.us/webinar/register/WN_qXp_dRnNT4WfK7tulN4yUA. O link será enviado diretamente pela plataforma Zoom após o registo. Cada link é pessoal e apenas permite um acesso.

Luso.eu - Jornal das comunidades
Redacção
Author: RedacçãoEmail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor
Lista dos seus últimos textos

Adicione o seu comentário aqui!

luso.eu Jornal Comunidades

Não perca as promoções e novidades que reservamos para nossos fiéis assinantes.
O seu endereço de email é apenas utilizado para lhe enviar a nossa newsletter e informações sobre as nossas actividades. Você pode usar o link de cancelamento integrado em cada um de nossos e-mails a qualquer momento.

TEMOS NO SITE

Temos 551  pessoas que estão a ver esta página no momento, e 0 membros em linha

A SUA PUBLICIDADE AQUI?

EVENTOS ESTE MÊS

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

News Fotografia