Luso.eu | Jornal Notícias das Comunidades Portuguesas - CONCENTRAÇÃO DOS BANCÁRIOS EM LISBOA E MADRID
sexta-feira, 01 março 2024

CANDIDATOS DO PS NA FEIRA…

Fev. 29, 2024 Hits:163 Opinião

Não cedamos à facilidad…

Fev. 29, 2024 Hits:309 Opinião

Quero ser uma árvore

Fev. 24, 2024 Hits:657 Crónicas

Morre Navalny mas não a …

Fev. 24, 2024 Hits:201 Opinião

COMPETÊNCIA CÍVICA

Fev. 15, 2024 Hits:376 Crónicas

UNIVERSITAS

Fev. 14, 2024 Hits:290 Crónicas

CIDADÃO DECISOR

Fev. 10, 2024 Hits:253 Crónicas

Desconsideração políti…

Fev. 09, 2024 Hits:636 Opinião

Haja diferenças!

Fev. 07, 2024 Hits:319 Opinião

O Homem: um ser limitado

Fev. 06, 2024 Hits:297 Crónicas

O BANCO NOVO

Fev. 06, 2024 Hits:430 Crónicas

Entre a Esperança e a In…

Fev. 04, 2024 Hits:245 Opinião

INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL

Fev. 04, 2024 Hits:364 Crónicas

CONCENTRAÇÃO DOS BANCÁRIOS EM LISBOA E MADRID





A sua generosidade permite a publicação diária de notícias, artigos de opinião, crónicas e informação do interesse das comunidades portuguesas.


Esta publicação é da responsabilidade exclusiva do seu autor!


Concentração frente à Associação Portuguesa de Bancos em Lisboa dia 8 fev às 14h. Unidos pela valorização. A luta dos bancários por condições de trabalho dignas e respeito humano. É hora de mostrarmos a força da nossa união e exigirmos condições de trabalho dignas, respeito e reconhecimento pelas nossas contribuições para o setor bancário.

2 minutos de leitura

5 de fevereiro de 2024 por João Pires

Junta-te a nós nesta concentração ibérica e faz parte desta luta por um ambiente de trabalho mais justo e humano. As vidas por trás dos números merecem ser valorizadas e respeitadas.

Vem fazer a diferença connosco!

Concentração frente à Associação Portuguesa de Bancos em Lisboa

As vidas que estão por trás dos números!

Os trabalhadores bancários em Portugal exprimem, de forma unânime, a insatisfação e preocupação com as condições de trabalho atuais, tanto para o público em geral quanto para a alta administração do setor bancário.

Ao longo de anos de dedicação incansável, a banca portuguesa parece ter-se esquecido do valor humano representado pelos milhares de profissionais que trabalham há décadas no setor.

Durante os desafios de 2011 e 2012, os trabalhadores bancários foram pilares de estabilidade, mesmo com cortes salariais significativos.

No entanto, hoje em dia, são tratados como meros escravos.

As reivindicações são claras:

- Criação de carreiras sólidas que reconheçam a experiência e dedicação dos trabalhadores.

- Aumento salarial de 6% para refletir o compromisso e a importância do trabalho dos bancários.

- Inclusão das componentes variáveis no salário base para garantir estabilidade financeira.

- Progressão automática para reconhecer o esforço e evolução profissional dos trabalhadores.

Enquanto os trabalhadores sofrem com condições precárias, os lucros fluem para os acionistas, muitos deles estrangeiros. Com sobrecarga de trabalho e redução de postos de trabalho, os clientes também são prejudicados. É hora de sermos valorizados como profissionais, e não apenas como números num jogo onde o lado humano é ignorado.

Os trabalhadores bancários em Portugal estão insatisfeitos e preocupados com as atuais condições de trabalho. Os trabalhadores pedem às administrações das instituições de crédito e às entidades reguladoras que levem a sério as suas reivindicações para manter um setor bancário saudável e justo.

Exigem respeito e justiça no ambiente de trabalho. Esta posição é partilhada pelos colegas bancários espanhóis. Os sindicatos espanhóis CCOO, UGT e Fine convocaram uma manifestação para 8 de fevereiro em Madrid e ameaçam uma «escalada de mobilizações» e não descartam entrar em greve pela falta de avanços no diálogo.

Pela reposição do poder de compra e aumentos salariais dignos dos bancários de Portugal e Espanha, vão concentrar-se frente à Associação Portuguesa de Bancos, em Lisboa no dia 8 de fevereiro pelas 14h.

Palavras-chave: Concentração dos bancários, Lisboa, Madrid, Associação Portuguesa de Bancos, valorização, condições de trabalho dignas, respeito humano, união, luta, setor bancário, ambiente de trabalho justo, insatisfação, preocupação, carreiras sólidas, salário, progressão automática, lucros, acionistas, clientes, sindicatos, manifestação, greve.

Luso.eu - Jornal das comunidades
Joao Pires
Author: Joao PiresEmail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor
Lista dos seus últimos textos



Luso.eu | Jornal Notícias das Comunidades
Partilhe o nosso conteúdo!

A SUA PUBLICIDADE AQUI?

A nossa newsletter

Jornal das Comunidades

Não perca as promoções e novidades que reservamos para nossos fiéis assinantes.
O seu endereço de email é apenas utilizado para lhe enviar a nossa newsletter e informações sobre as nossas actividades. Você pode usar o link de cancelamento integrado em cada um de nossos e-mails a qualquer momento.

TEMOS NO SITE

Temos 316  pessoas que estão a ver esta página no momento, e 0 membros em linha

Top News Embaixada

EVENTOS ESTE MÊS

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

News Fotografia

 
 
0
Partilhas
0
Partilhas