sexta-feira, 19 agosto 2022

Férias em Portugal

Ago. 19, 2022 Hits:20 Opinião

(ENGIE)nharia jurídica

Ago. 13, 2022 Hits:69 Opinião

O REI DOS CATALISADORES (…

Ago. 09, 2022 Hits:140 Opinião

A IGREJA QUE NÃO ACREDIT…

Ago. 08, 2022 Hits:433 Opinião

Consequências do Dever

Ago. 08, 2022 Hits:161 Crónicas

A Sombra e as Árvores

Ago. 07, 2022 Hits:296 Crónicas

Pai rico, Pai pobre

Ago. 04, 2022 Hits:248 Crónicas

DA LEITURA

Ago. 02, 2022 Hits:105 Crónicas

Enquanto o pau vai e vem

Jul. 31, 2022 Hits:110 Crónicas

Cinco maiores bancos lucram mais de 708 milhões de euros no 1.º semestre





A sua generosidade permite a publicação diária de notícias, artigos de opinião, crónicas e informação do interesse das comunidades portuguesas.


(Lusa) - Os cinco principais bancos sediados em Portugal registaram, no primeiro semestre do ano, um lucro agregado de 708,4 milhões de euros, com o BCP a ser o menor contribuidor.

Em conjunto, Caixa Geral de Depósitos (CGD), Novo Banco, BCP, BPI e Santander Totta registaram lucros agregados de 708,4 milhões de euros.

Na segunda-feira, o Novo Banco anunciou lucros de 137,7 milhões de euros nos primeiros seis meses do ano, uma melhoria face aos consistentes prejuízos registados desde a sua fundação, em 2014.

Na semana passada, os restantes quatro maiores bancos anunciaram os seus resultados semestrais.

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) registou o maior lucro entre os cinco maiores bancos, com 294 milhões de euros no primeiro semestre, depois de 249 milhões de euros em igual período do ano passado.

O segundo maior contributo veio do BPI, com 183 milhões de euros de lucro, que comparam com os 43 obtidos nos primeiros seis meses de 2020.

Em quarto lugar, depois dos lucros do Novo Banco que o colocam no terceiro lugar da tabela dos resultados líquidos positivos, esteve o Santander Totta, com um lucro de 81,4 milhões de euros no primeiro semestre, que compara com 172,9 milhões obtidos no mesmo período de 2020.

Por fim, o BCP lucrou 12,3 milhões de euros, muito impactado pelos prejuízos de 112,7 milhões de euros na operação polaca, quando tinha lucrado 76 milhões de euros no primeiro semestre de 2020.

Nos primeiros seis meses de 2020, os cinco maiores bancos portugueses tinham registado um prejuízo agregado de 14,4 milhões de euros, devido aos resultados negativos do Novo Banco (555,3 milhões de prejuízo).

Luso.eu - Jornal das comunidades
Redacção
Author: RedacçãoEmail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor
Lista dos seus últimos textos

Adicione o seu comentário aqui!

luso.eu Jornal Comunidades

Não perca as promoções e novidades que reservamos para nossos fiéis assinantes.
O seu endereço de email é apenas utilizado para lhe enviar a nossa newsletter e informações sobre as nossas actividades. Você pode usar o link de cancelamento integrado em cada um de nossos e-mails a qualquer momento.

TEMOS NO SITE

Temos 899 visitantes e 0 membros em linha

A SUA PUBLICIDADE AQUI?

EVENTOS ESTE MÊS

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

News Fotografia