domingo, 27 novembro 2022

DEPOIS DO EUROMILHÕES

Nov. 27, 2022 Hits:75 Crónicas

PORTUGAL É RONALDO E RON…

Nov. 24, 2022 Hits:258 Opinião

Crónica triste para um d…

Nov. 20, 2022 Hits:136 Opinião

Em Ocasiões Especiais

Nov. 20, 2022 Hits:510 Crónicas

Os sonhos adiados

Nov. 19, 2022 Hits:204 Crónicas

IXELLES – UMA VILA DESO…

Nov. 15, 2022 Hits:219 Opinião

CRIANÇA PRESA NO PENICO

Nov. 13, 2022 Hits:459 Crónicas

Duas tardes em Coja

Nov. 13, 2022 Hits:788 Apontamentos

Esta vida de hipster

Nov. 08, 2022 Hits:125 Crónicas

Ladroagem Eleitoral

Nov. 06, 2022 Hits:333 Opinião

O “Auto Suicídio” de…

Nov. 04, 2022 Hits:337 Opinião

Portugal ‘arranca’ forte e vence Suíça com ‘folga' no ‘play-off’ para o mundial





A sua generosidade permite a publicação diária de notícias, artigos de opinião, crónicas e informação do interesse das comunidades portuguesas.


A seleção portuguesa de andebol recebeu e venceu hoje a Suíça por 33-26, num jogo em que comandou sempre o marcador, referente à primeira mão do primeiro ‘play-off’ de acesso ao mundial de 2023.

Diante de uma lotação de quase 3.000 espetadores no pavilhão multiusos de Guimarães, a equipa às ordens do selecionador Paulo Pereira construiu uma vantagem de quatro golos nos 10 primeiros minutos (7-3) e foi alargando ao longo do jogom cifrando-a nos sete no final.

Após uma prestação ofensiva que teve em Victor Iturriza o atleta mais ‘produtivo’ (oito golos) e de uma exibição defensiva em que o guarda-redes Gustavo Capdeville ‘coroou’ a organização lusa com 15 defesas em 40 remates, Portugal disputa a segunda mão do ‘play-off’ no próximo domingo, na cidade helvética de Winterthur.

Apesar da iminência de jogo passivo no primeiro ataque do desafio, a equipa das ‘quinas’ inaugurou o marcador por Rui Silva e ‘assinou’ uma exibição em crescendo até ao minuto 10, alcançando uma vantagem de 7-3, fruto da consistência ofensiva, assente na pontaria de André Gomes e de António Areia – dois golos cada nesse período.

Na outra extremidade da quadra, os comandados de Paulo Pereira fecharam quase sempre os espaços centrais e laterais à ‘artilharia’ helvética, obrigando os adversários a rematarem de longe das posições ideais, o que facilitou a tarefa do guarda-redes Gustavo Capdeville, autor de sete defesas em 19 remates ao longo da primeira parte.

Portugal desperdiçou hipóteses de avolumar o ‘fosso’ em remates de Gilberto Duarte e de Capdeville com a baliza aberta, após ataques contrários de sete para seis jogadores, antes de o selecionador suíço, Michael Suter, pedir desconto de tempo e ver a sua equipa encurtar a diferença para um golo, aos 17.45 minutos, impulsionada pelo central Andre Schmid, melhor marcador na primeira parte, com cinco tentos.

Apesar da pressão suíça e das defesas de Nikola Portner – cinco na primeira parte -, Portugal encontrou uma via para o golo na faixa esquerda, repondo a margem de quatro golos (12-8) até aos 22.50 minutos.

A vantagem lusa oscilou entre os dois e os quatro golos até ao intervalo, tendência que se estendeu pelos 10 minutos iniciais da segunda parte, com Victor Iturriza a marcar os três golos que fixaram o resultado de 18-15 nesse período.

A oportunidade para uma inédita vantagem de cinco golos apareceu aos 15.40 minutos, quando Victor Iturriza recuperou a bola num ataque suíço de ‘sete para seis’ e fez o 23-18, resultado que viria a ser dilatado.

O conjunto luso aproveitou a insistência dos comandados de Michael Suter nas ofensivas em superioridade numérica para marcar mais golos de baliza aberta e fixar uma vantagem de sete golos na antecâmara da segunda mão.

Se vencer a eliminatória com a Suíça, Portugal disputa um segundo ‘play-off’ com os Países Baixos, em 13 e 17 de abril, para decidir o acesso ao mundial de 2023, marcado para a Suécia e para a Polónia, entre 12 e 29 de janeiro.

Jogo no Pavilhão Multiusos de Guimarães.

Portugal - Suíça, 33-26.

Ao intervalo: 15-12.

Sob arbitragem dos espanhóis Andreu Marín e Ignacio García Serradilla, as equipas alinharam e marcaram:

- Portugal (33): Gustavo Capdeville (gr), António Areia (3), Belone Moreira (1), Rui Silva (4), André Gomes (3), Diogo Branquinho, Victor Iturriza (8), Gilberto Duarte, Daymaro Salina (3), Leonel Fernandes (4), Miguel Martins (3), Alexandre Cavalcanti, Fábio Magalhães, Pedro Portela (4), Manuel Gaspar (gr).

Selecionador: Paulo Pereira.

- Suíça (26): Nikola Portner (gr, 1), Cédrie Tynowski (1), Dimitrij Küttel, Samuel Röthlisberger, Lenny Rubin (7), Andre Schmid (6), Lucas Meister (3), Marvin Lier (5), Roman Sidorowicz, Nicolas Raemy (2), Samuel Weingartner, Luka Maros (1), Aurel Bringolf (gr).

Treinador: Michael Suter.

Assistência: cerca de 2.800 espetadores.

Luso.eu - Jornal das comunidades
Redacção
Author: RedacçãoEmail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor
Lista dos seus últimos textos

Adicione o seu comentário aqui!

luso.eu Jornal Comunidades

Não perca as promoções e novidades que reservamos para nossos fiéis assinantes.
O seu endereço de email é apenas utilizado para lhe enviar a nossa newsletter e informações sobre as nossas actividades. Você pode usar o link de cancelamento integrado em cada um de nossos e-mails a qualquer momento.

TEMOS NO SITE

Temos 839  pessoas que estão a ver esta página no momento, e 0 membros em linha

A SUA PUBLICIDADE AQUI?

News Fotografia