domingo, 27 novembro 2022

DEPOIS DO EUROMILHÕES

Nov. 27, 2022 Hits:95 Crónicas

PORTUGAL É RONALDO E RON…

Nov. 24, 2022 Hits:259 Opinião

Crónica triste para um d…

Nov. 20, 2022 Hits:137 Opinião

Em Ocasiões Especiais

Nov. 20, 2022 Hits:510 Crónicas

Os sonhos adiados

Nov. 19, 2022 Hits:205 Crónicas

IXELLES – UMA VILA DESO…

Nov. 15, 2022 Hits:220 Opinião

CRIANÇA PRESA NO PENICO

Nov. 13, 2022 Hits:459 Crónicas

Duas tardes em Coja

Nov. 13, 2022 Hits:789 Apontamentos

Esta vida de hipster

Nov. 08, 2022 Hits:125 Crónicas

Ladroagem Eleitoral

Nov. 06, 2022 Hits:334 Opinião

O “Auto Suicídio” de…

Nov. 04, 2022 Hits:337 Opinião

Suspeito de ataque no metro de Brooklyn detido e acusado de “crime de terrorismo”





A sua generosidade permite a publicação diária de notícias, artigos de opinião, crónicas e informação do interesse das comunidades portuguesas.


O homem procurado pelo ataque de terça-feira no metropolitano em Brooklyn, Nova Iorque, que provocou 23 feridos, foi detido hoje à tarde e acusado do “crime de terrorismo”, indicaram fontes policias e judiciais.

A detenção de Frank R. James, 62 anos, foi referida por um responsável policial citado pela agência noticiosa Associated Press (AP) e confirmada por diversos ‘media’. De acordo com a cadeia televisiva NBC New York, o suspeito foi detido em Manhattan.

O suspeito foi conduzido para uma esquadra após a detenção, mas não foram disponibilizados mais detalhes, incluindo o organismo que procedeu à sua captura.

O procurador dos Estados Unidos para o distrito leste de Nova Iorque, Breon Peace, anunciou que James é acusado de “crime de terrorismo”.

Na manhã de terça-feira, em plena hora de ponta, um homem entrou no metro de Nova Iorque e abriu fogo contra várias pessoas, disparando um total de 33 balas.

Às 08:24 locais (13:24 em Lisboa) de terça-feira, o suspeito, que usava uma máscara de gás, lançou igualmente “duas latas que deixaram escapar fumo para o interior de uma carruagem de passageiros, quando o metro estava a entrar na estação da rua 36”, no sul do Brooklyn, segundo relatou o chefe da polícia de Nova Iorque, Keechant Sewell.

O ataque provocou 23 feridos, 10 dos quais com ferimentos de bala, embora nenhuma das vítimas corra perigo de vida, de acordo com as autoridades nova-iorquinas.

Antes da detenção as autoridades indicaram estar a examinar diversos vídeos em redes sociais onde James considera os Estados Unidos um país racista e assolado pela violência e onde também dirige fortes críticas ao responsável pelo município de Nova Iorque, Eric Adams.

Luso.eu - Jornal das comunidades
Redacção
Author: RedacçãoEmail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor
Lista dos seus últimos textos

Adicione o seu comentário aqui!

luso.eu Jornal Comunidades

Não perca as promoções e novidades que reservamos para nossos fiéis assinantes.
O seu endereço de email é apenas utilizado para lhe enviar a nossa newsletter e informações sobre as nossas actividades. Você pode usar o link de cancelamento integrado em cada um de nossos e-mails a qualquer momento.

TEMOS NO SITE

Temos 591  pessoas que estão a ver esta página no momento, e 0 membros em linha

A SUA PUBLICIDADE AQUI?

News Fotografia