Luso.eu | Jornal Notícias das Comunidades Portuguesas - Macron envia condolências a familiares de alemão morto em ataque em Paris
sexta-feira, 01 março 2024

CANDIDATOS DO PS NA FEIRA…

Fev. 29, 2024 Hits:164 Opinião

Não cedamos à facilidad…

Fev. 29, 2024 Hits:309 Opinião

Quero ser uma árvore

Fev. 24, 2024 Hits:657 Crónicas

Morre Navalny mas não a …

Fev. 24, 2024 Hits:201 Opinião

COMPETÊNCIA CÍVICA

Fev. 15, 2024 Hits:376 Crónicas

UNIVERSITAS

Fev. 14, 2024 Hits:290 Crónicas

CIDADÃO DECISOR

Fev. 10, 2024 Hits:253 Crónicas

Desconsideração políti…

Fev. 09, 2024 Hits:637 Opinião

Haja diferenças!

Fev. 07, 2024 Hits:319 Opinião

O Homem: um ser limitado

Fev. 06, 2024 Hits:297 Crónicas

O BANCO NOVO

Fev. 06, 2024 Hits:430 Crónicas

Entre a Esperança e a In…

Fev. 04, 2024 Hits:246 Opinião

INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL

Fev. 04, 2024 Hits:365 Crónicas

Macron envia condolências a familiares de alemão morto em ataque em Paris





A sua generosidade permite a publicação diária de notícias, artigos de opinião, crónicas e informação do interesse das comunidades portuguesas.


Esta publicação é da responsabilidade exclusiva do seu autor!


O Presidente francês, Emmanuel Macron, expressou esta madrugada condolências à família do alemão que morreu no sábado num ataque com faca em Paris.

"Envio as minhas condolências à família e amigos do cidadão alemão que morreu esta noite [no sábado] no ataque terrorista em Paris e os meus pensamentos estão com aqueles que estão atualmente feridos e a ser tratados", escreveu Macron na rede social X (antigo Twitter).

O ataque, perpetrado no sábado à noite, em Paris, por um cidadão francês nascido em 1997, que esfaqueou mortalmente um jovem turista alemão e feriu mais duas pessoas a golpes de martelo, vai ser tratado como um ato de terrorismo, tendo a Procuradoria Nacional Antiterrorista já indicado que assumirá a investigação.

E o Ministério Público francês abriu um inquérito por homicídio e tentativa de homicídio.

O agressor, que gritou “Allahu Akbar” (“Deus é grande”) antes de ser detido, já tinha sido condenado em 2016 a quatro anos de prisão por ter planeado um ataque, precisou o ministro do Interior francês, Gérald Darmanin, em declarações à imprensa no local do ataque, o 15.º bairro parisiense, no oeste da cidade, a algumas centenas de metros da Torre Eiffel.

O autor, de cerca de 20 anos, era já conhecido da polícia por radicalismo islâmico e também distúrbios psiquiátricos e, segundo fonte policial, afirmou que não suporta ver muçulmanos mortos pelo mundo.

Segundo a imprensa francesa, a vítima mortal foi um turista de dupla nacionalidade alemã e filipina, esfaqueado nas costas e no ombro na emblemática ponte Bir-Hakeim sobre o Sena.

Um dos feridos, também segundo a imprensa, é um turista inglês que passeava com a mulher e um filho na Avenida Presidente Kennedy e que sofreu golpes na cabeça, tendo sido transportado para o hospital; o outro ferido é um cidadão francês sexagenário.

Luso.eu - Jornal das comunidades
Redacção
Author: RedacçãoEmail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor
Lista dos seus últimos textos



Luso.eu | Jornal Notícias das Comunidades
Partilhe o nosso conteúdo!

A SUA PUBLICIDADE AQUI?

A nossa newsletter

Jornal das Comunidades

Não perca as promoções e novidades que reservamos para nossos fiéis assinantes.
O seu endereço de email é apenas utilizado para lhe enviar a nossa newsletter e informações sobre as nossas actividades. Você pode usar o link de cancelamento integrado em cada um de nossos e-mails a qualquer momento.

TEMOS NO SITE

Temos 548  pessoas que estão a ver esta página no momento, e 0 membros em linha

Top News Embaixada

EVENTOS ESTE MÊS

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

News Fotografia

 
 
0
Partilhas
0
Partilhas