terça-feira, 07 fevereiro 2023

A lama dos dias

Fev. 02, 2023 Hits:278 Crónicas

DIGNIFICAR A AUTORIDADE

Fev. 01, 2023 Hits:130 Crónicas

Homoousios

Jan. 31, 2023 Hits:160 Crónicas

O Escorpião Marcelo

Jan. 31, 2023 Hits:106 Opinião

Insuspeito assassino

Jan. 27, 2023 Hits:205 Crónicas

Isto não é um país É …

Jan. 20, 2023 Hits:488 Opinião

A Importância da Educaç…

Jan. 19, 2023 Hits:1879 Crónicas

Epistocracia - O óptimo …

Jan. 15, 2023 Hits:1019 Opinião

No Palácio do Raio

Jan. 15, 2023 Hits:438 Apontamentos

Restabelecido acesso ao 'site' do parlamento após alegado ataque informático





A sua generosidade permite a publicação diária de notícias, artigos de opinião, crónicas e informação do interesse das comunidades portuguesas.


O ‘site’ do parlamento português na Internet voltou hoje a estar disponível, depois de ter sido alvo de um eventual ataque informático anunciado pelos ‘hackers’ Lapsu$ Group no domingo, adiantou a Assembleia da República.

“Na sequência de um alegado ataque informático à Assembleia da República, no último dia 30, domingo, foi nessa noite tomada a decisão de impedir todos os acessos externos ao portal internet do Parlamento, de forma a permitir aos serviços informáticos e às autoridades competentes a análise exaustiva de toda a estrutura informática”, lê-se num comunicado.

De acordo com a Assembleia da República, após a análise, não houve “evidência de qualquer impedimento no funcionamento do portal”, tendo sido “restabelecido ao final do dia de hoje”.

A Polícia Judiciária (PJ) está a investigar um eventual ataque informático anunciado pelos ‘hackers’ Lapsu$ Group ao ‘site’ do parlamento português no domingo.

O gabinete de imprensa da PJ disse, à agência Lusa, que o caso está a ser investigado, não adiantando mais nenhuma informação.

O jornal Expresso noticiou no domingo que os ‘hackers’ do Lapsu$ Group anunciaram ter invadido e “roubado informações sensíveis” do ‘site’ do parlamento português, tendo este ficado em baixo durante cinco minutos.

Contactado pela agência Lusa, o diretor do Gabinete de Comunicação na Assembleia da República, João Amaral, disse não existir, até àquele momento, “qualquer evidência de que o ‘site’ tenha sido atacado”, mas que o departamento de informática estava a “fazer correr todas as ferramentas para averiguar o assunto”.

Segundo o jornal, “em dia de eleições legislativas, os piratas informáticos autodenominados Lapsu$ Group garantiram ter invadido aquele ‘site’ e roubado informações".

“Hoje hackeámos o ‘site’ do Parlamento e tivemos acesso a aplicações da Microsoft e a uma grande quantidade de bases de dados que contém informação sensível do Governo relacionada com informações pessoais de políticos e de partidos políticos, muitos documentos, emails, passwords…”, referiu o jornal, citando os ‘hackers’.

À agência Lusa João Amaral disse ainda que toda a informação que existe no ‘site’ do parlamento português “é pública e transparente”.

Segundo o jornal, este grupo de ‘hackers’ que diz ter roubado informação do ‘site’ do parlamento português é o mesmo que atacou no início do mês o Grupo Impresa, destruindo milhões de ficheiros do Expresso e da Sic.

Luso.eu - Jornal das comunidades
Redacção
Author: RedacçãoEmail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor
Lista dos seus últimos textos

Adicione o seu comentário aqui!

luso.eu Jornal Comunidades

Não perca as promoções e novidades que reservamos para nossos fiéis assinantes.
O seu endereço de email é apenas utilizado para lhe enviar a nossa newsletter e informações sobre as nossas actividades. Você pode usar o link de cancelamento integrado em cada um de nossos e-mails a qualquer momento.

TEMOS NO SITE

Temos 1613  pessoas que estão a ver esta página no momento, e 0 membros em linha

A SUA PUBLICIDADE AQUI?

EVENTOS ESTE MÊS

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28