Portugal vai enviar 30 especialistas para a Guiné-Bissau para treino e formação militar





A sua generosidade permite a publicação diária de notícias, artigos de opinião, crónicas e informação do interesse das comunidades portuguesas.


O primeiro-ministro, António Costa, afirmou hoje que Portugal vai enviar, no âmbito da cooperação militar, 30 especialistas para formação e treino militar na Guiné-Bissau.

“Temos neste momento quatro projetos concretos que gostaríamos de ver avançar rapidamente. O primeiro é relativamente ao treino militar com a presença de 30 especialistas de diferentes áreas que nos próximos meses vão deslocar-se para a Guiné-Bissau no cumprimento desta missão de treino e formação”, disse António Costa.

O primeiro-ministro falava à imprensa durante uma declaração conjunta com o seu homólogo guineense, Nuno Gomes Nabiam, no Palácio do Governo em Bissau, onde chegou para uma visita de cerca de 24 horas.

António Costa destacou também, além do treino militar, a vontade de Portugal construir uma escola portuguesa em Bissau “assim que houver um terreno disponível”.

Outras das prioridades, segundo o primeiro-ministro, é avançar com a recuperação de um navio que vai permitir melhorar a ligação com o arquipélago dos Bijagós, e concluir o estudo que está a ser desenvolvido para o classificar como reserva da biosfera.

Segundo o primeiro-ministro, aquele reconhecimento vai permitir reforçar as condições para atrair o turismo de natureza “altamente diferenciador” e que “seguramente será um contributo para a preservação do património natural e para o desenvolvimento socioeconómico”.

Portugal e a Guiné-Bissau assinaram no ano passado um acordo estratégico de cooperação no valor de 60 milhões de euros.

António Costa aterrou hoje em Bissau cerca das 13:50 para uma visita de 24 horas, que inclui ainda hoje encontros com a comunidade portuguesa e com o chefe de Estado, Umaro Sissoco Embaló.

No domingo, antes de partir para Cabo Verde, António Costa visita o talhão português do cemitério de Bissau.

O primeiro-ministro viaja acompanhado do ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, do ministro da Defesa, João Gomes Cravinho, do ministro do Ambiente e da Ação Climática, João Pedro Matos Fernandes, e do secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, Francisco André.

Luso.eu - Jornal das comunidades
Author: Tony Da SilvaEmail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor
Lista dos seus últimos textos

Adicione o seu comentário aqui!