Esta publicação é da responsabilidade exclusiva do seu autor.

Covid-19: GNR põe termo a festa privada com 40 pessoas na Comporta

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

(Lusa) - A GNR fez cessar uma festa privada que decorria com cerca de 40 pessoas na Comporta, concelho de Alcácer do Sal (Setúbal), em infração às regras definidas para o combate à pandemia da covid-19, revelou hoje aquela força de segurança.

Segundo um comunicado do Comando Territorial de Setúbal da GNR, enviado à agência Lusa, a festa, que decorria na quinta-feira, foi terminada por intervenção de militares do Destacamento Territorial de Grândola.

Após uma denúncia de que estaria a decorrer uma festa privada, com a presença de algumas dezenas de pessoas, os militares da guarda deslocaram-se ao local, refere o comunicado.

"Já na zona onde estaria a decorrer a referida festa, uma moradia vedada, foi possível constatar a presença de cerca de 40 pessoas, tendo os militares da GNR procedido à identificação do responsável pelo evento, fazendo igualmente cessar o mesmo", adianta o comunicado.

De acordo com a Guarda Nacional Republicana (GNR), o responsável pela festa foi informado que "não é permitido o ajuntamento superior a 20 pessoas, em respeito pelas normas em vigor".

Após terem sido abordadas pelos militares da GNR, as pessoas presentes no evento acataram as indicações e terminaram a festa, acrescenta o comunicado.

Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor.


RECOMENDADOS PARA SI

Eventos este Mês

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Últimos Tweets

José Manuel Fernandes alerta para urgência no reforço da prevenção contra fogos https://t.co/n0E8WRa0MT
Covid-19: Portugueses no Luxemburgo preparam-se para férias na terra mesmo com receios https://t.co/Vv9786ZLVL
José Andrade acredita que "ser açoriano é resistir às adversidades da natureza e às contrariedades do centralismo” https://t.co/HVbA9Gz4ua
Follow Jornal das Comunidades on Twitter