Esta publicação é da responsabilidade exclusiva do seu autor.

Covid-19: Índia regista recorde diário de quase 20 mil infeções

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

(Lusa) - A Índia registou quase 20 mil novas infeções por coronavírus nas últimas 24 horas, um novo recorde, no momento em que vários estados reimpuseram bloqueios parciais ou totais para conter a propagação da covid-19.

A Índia identificou quase 100 mil casos na semana passada, informou o Ministério da Saúde. Desde o início da pandemia, o país identificou 548.318 casos, tornando-se no quarto mais afetado do mundo, depois dos Estados Unidos, Brasil e Rússia.

Já o número total de mortos na Índia é agora de 16.475.

Apesar do levantamento de alguns bloqueios em alguns estados, áreas de grande densidade populacional que incluem as capitais financeira e nacional do país, Bombaim, e Nova Deli, respetivamente, a maioria dessas restrições foi atenuada em restaurantes, centros comerciais, parques e transportes públicos.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 500 mil mortos e infetou quase 10,1 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência de notícias France-Presse (AFP).

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor.


RECOMENDADOS PARA SI

Eventos este Mês

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Últimos Tweets

José Manuel Fernandes alerta para urgência no reforço da prevenção contra fogos https://t.co/n0E8WRa0MT
Covid-19: Portugueses no Luxemburgo preparam-se para férias na terra mesmo com receios https://t.co/Vv9786ZLVL
José Andrade acredita que "ser açoriano é resistir às adversidades da natureza e às contrariedades do centralismo” https://t.co/HVbA9Gz4ua
Follow Jornal das Comunidades on Twitter