Faça login na sua conta

Usuário *
Senha *
Lembre de mim

Crie a sua conta aqui!

Os campos marcados com um asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Usuário *
Senha *
Verifique a senha *
Email *
Verificar e-mail *
Captcha *
Reload Captcha
quarta-feira, 27 outubro 2021

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário

Sete câmaras que sempre tinham sido 'fiéis' trocaram de cor política



O luso.eu Jornal das comunidades é gratuito mas quero ajudar!

(Lusa) – Sete câmaras municipais trocaram de partido no domingo pela primeira vez desde 1976, mas há 24 que se mantêm fiéis à mesma cor política desde as primeiras eleições autárquicas democráticas.

Três dos tradicionais bastiões da CDU passaram no domingo a ser socialistas. Além destas três, o PS roubou duas autarquias que sempre tinham sido sociais-democratas e o PSD tirou outras duas que nunca tinham deixado de ser socialistas.

O PS ganhou, com maioria absoluta, nos municípios de Penela (Coimbra) e de Ferreira do Zêzere (Santarém), colocando um ponto final a 45 anos de governação ininterrupta do PSD.

Por outro lado, os socialistas perderam para o PSD Reguengos de Monsaraz (Évora) e o Cartaxo (Santarém), dois municípios onde os social-democratas ganharam no domingo com maioria absoluta.

Em Mora, um bastião comunista em Évora desde 1976, o PS venceu domingo com maioria absoluta.

Os socialistas roubaram também aos comunistas os municípios da Moita e de Montemor-o-Novo, mas sem terem obtido maioria absoluta.

Aliás, em Montemor-o-Novo, o PS ganhou e obteve três vereadores, o mesmo número do que os da CDU (a que se soma um do CDS-PP).

Na Moita, apesar da vitória socialista, PS e CDU têm quatro vereadores cada (tendo sido eleito um outro vereador do Chega).

São, desde domingo, apenas 24 as câmaras municipais que sempre foram fiéis ao mesmo partido: nove do PSD, outras nove do PS e seis da CDU.

Mantêm-se social-democratas desde 1976 os municípios de Arcos de Valdevez, Boticas, Valpaços, Penedono, Oleiros, Santa Maria da Feira, Mação, Calheta e Câmara de Lobos, câmaras onde o PSD obteve maiorias no domingo.

O PS manteve o pleno em todas as autárquicas em Portimão, Olhão, Campo Maior, Gavião, Alenquer, Torres Vedras, Odivelas, Lourinhã e Condeixa-a-Nova, onde também obteve maioria absoluta em 2021.

Mantém-se CDU desde sempre Avis, Arraiolos, Seixal, Palmela, Santiago do Cacém e Serpa.

Se Avis, Arraiolos, Santiago do Cacém e Serpa são bastiões onde a CDU ganhou com maioria absoluta, já no Seixal e em Palmela a vitória foi mais tremida e será mais difícil aos comunistas governar.

No Seixal, a CDU obteve cinco mandatos, contra quatro do PS, um do PSD e outro do Chega, enquanto em Palmela os resultados apontam para quatro mandatos da CDU, para três do PS, um do PSD e outro do Movimento de Cidadãos pelo Concelho de Palmela (MCCP), do antigo presidente das Câmaras de Palmela e de Setúbal e ex-comunista Carlos Sousa.


Adicionar o seu comentário aqui!

luso.eu Jornal Comunidades

TEMOS NO SITE

Temos 246 visitantes e 0 membros em linha

Não perca as promoções e novidades que reservamos para nossos fiéis assinantes.
O seu endereço de email é apenas utilizado para lhe enviar a nossa newsletter e informações sobre as nossas actividades. Você pode usar o link de cancelamento integrado em cada um de nossos e-mails a qualquer momento.

A SUA PUBLICIDADE AQUI?

EVENTOS ESTE MÊS

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
30
31

News Fotografia