Esta publicação é da responsabilidade exclusiva do seu autor.

Vozes do Palco

Votos do utilizador: 5 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Prime pela diferença, a qualidade não custa o que você pensa !

 O “Vozes do Palco” nasceu, com o intuito de levar até junto dos portugueses, estejam eles onde estiverem, o melhor da musica que se produz em Portugal,eliminando os intermediários, tornando assim a Cultura musical mais acessível a todos.

Nesta primeira fase o “Vozes do Palco” tem o prazer de apresentar uma “mão cheia” de artistas de grande qualidade. São eles:

1.Pedro Barroso “Sensual Idade

1.Pedro Barroso lança “Sensual Idade”...
2.José Cid
3.UHF
4.Nuno barroso
5.Paulo Bragança

Todos de estilos diferences, mas todos de grande qualidade.
Prime pela diferença, a qualidade não custa o que você pensa !
Para os seus eventos festivos, não deixe de nos contactar.

2.José Cid
3.UHF
4.Nuno barroso
5.Paulo Bragança

Todos de estilos diferences, mas todos de grande qualidade.
Prime pela diferença, a qualidade não custa o que você pensa !
Para os seus eventos festivos, não deixe de nos contactar.


Pedro Barroso é considerado o “último trovador” de uma geração inconformada, lutadora, irreverente e critica, que ajudou através das suas inúmeras obras, a conquistar as liberdades democráticas para Portugal. Acaba de lançar ‘Sensual Idade’ que é o nome do novo trabalho de originais.


 

Pedro Barroso (Lisboa, 1950) Vai com dias apenas para Riachos, terra natal de seu pai, que ali era professor. Regressa a Lisboa e, já adolescente, estreia-se fazendo Teatro radiofónico com Odette de Saint-Maurice na ex-Emissora Nacional (1965) e, numa data que determina o seu início de carreira como cantor e autor, no programa "Zip-Zip" (Dez., 1969).

Grava o seu primeiro disco "Trova-dor" (1970) e integra durante alguns anos a companhia do Teatro Experimental de Cascais, sob a direcção de Carlos Avilez.

Volta entretanto a estudar piano com a Prof. Luísa Bruto da Costa e mais tarde canto com o tenor Carlos Jorge. Dirige actividades e lecciona no Orfeão Académico de Lisboa. Cursou em 1974 com o professor Schingelinge da Academia Mozart, de Viena de Áustria, num curso livre organizado pela Fundação Gulbenkian para instrumentistas de orquestra. Fez exame para aquisição de Carteira Profissional no Sindicato dos Músicos em 1978, tendo-lhe sido atribuída na ocasião a categoria de instrumentista e Chefe de grupo.

Pub

Portal Luso
Author: Portal Luso
Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor.
Textos deste autor:

RECOMENDADOS PARA SI