Esta publicação é da responsabilidade exclusiva do seu autor.

BACALHAU DE CEBOLADA EM BRUXELAS (Café Portugal) COM CHEF MICHELIN

ID:N°/ Texto: 4616
Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

No começo da Primavera que se aproxima, o Café – Restaurante Portugal em Bruxelas, centro de convívio e de apreciação dos bons cardápios lusos, regressa aos eventos temáticos de enogastronomia.

Desta vez, o proprietário Albano Figueiredo, abre a época de acolhimento de famosos cozinheiros idos propositadamente de Portugal, com um Bacalhau de Cebolada. Trata-se de uma iguaria centenária e comum no norte de Portugal, especialmente nos concelhos de Barcelos, Braga, Famalicão e Ponte de Lima, depois também vulgarizada por Lisboa.

Clássicos da literatura nacional como António Feijó (1859 – 1917) ou Eça de Queirós (1845 – 1900), nas suas obras ou correspondência traçam elogios ao prato de “fiel amigo”, referindo alguns restaurantes do tempo ou cozinha familiar onde ele pontificava…

Deste modo, para os amantes da boa gastronomia lusitana, o Café Portugal na capital europeia promove no Sábado 21 de Março, um jantar típico com o Bacalhau de Cebolada, lombos especialmente escolhidos para tal evento, tal como alguns ingredientes e segredos que acompanharão os dois Chefs que nesse fim de semana deslocam-se á Bélgica.

Assim, nas panelas, tachos e segredos da culinária típica, o manjar será confecionado pelo Chef António Loureiro, Estrela Michelin em Portugal 2018, proprietário do restaurante A Cozinha, em Guimarães, (galardoado com duas Green Key, por integrar a lista dos mais sustentáveis do mundo entre 2600 concorrentes de 58 países), e com serviço no estrangeiro, designadamente na Espanha, Inglaterra, Escócia e há um ano atrás, no Parlamento Europeu em Bruxelas.

Como parceiro no trabalho, Loureiro terá o Chef Paulo Santos, empresário da Casa de S. Sebastião em S. Pedro de Arcos, Ponte de Lima, e um dos promotores da divulgação do famoso Sarrabulho á moda de Ponte de Lima, para além da lampreia e também ementas de Bacalhau, na Bélgica, Espanha, França e Luxemburgo. Esse trajecto, recordemos, iniciado há meia década tem associado outros nomes da cozinha limiana, como D. Fátima Amorim, (Correlhã), D. Goretti Bezerra (Sonho do Capitão, mesma freguesia), D. Maria Céu Gomes (Cozinha Velha, Arcozelo), D. Cassilda Quezado (Solar do Taberneiro, vila), entre outros.

Mas, ainda sobre o jantar – convívio nesse “santuário” da comida portuguesa em Bruxelas, ele contará com a harmonização de outros produtos regionais de excelência, como o Folar Limiano, do Chef Vítor Lima nas Entradas, e vinhos brancos e tintos de regiões demarcadas do Minho ao Alentejo para bem molhar a especialidade.

Com inscrições limitadas, elas devem ser efectuadas através do número (00 32. 2 – 649 41 19), ou Avenue de la Couronne, 106 – 1050 Ixelles, Bruxelas.


RECOMENDADOS PARA SI

Eventos este Mês

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Últimos Tweets

Covid-19: 'Podcasts', a nova moda dos portugueses na Alemanha https://t.co/a53hPlUeC7
O entrecruzamento da Guerra Colonial com a Emigração Portuguesa https://t.co/WgMqse0lf1
A AUTONOMIA NA RECONSTRUÇÃO DA ESPERANÇA https://t.co/DnImlCr0d8
Follow Jornal das Comunidades on Twitter