Esta publicação é da responsabilidade exclusiva do seu autor.

“Nova Era Fundação Jean Pina” doa alimentos na Guarda

IDT-N°/ : 5439
Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

A “Nova Era Fundação Jean Pina” e o grupo empresarial, “Pina Jean”, sediado nos arredores de Paris do qual João Pina  é administrador e apesar da distância entre a “cidade das luzes” que acolhe este lusodescendente há mais de 30 anos e a Cidade da Guarda, não ficaram indiferentes aos pedidos de ajuda, colaborar com uma iniciativa replicada por várias cidades da Europa- a “Caixa Solidária da Sé” colocada em diversos pontos da Sua Cidade Natal. Este projeto surgiu na Guarda no final de abril e tem como objetivo recolher bens de primeira necessidade para quem mais precisa.

Esta campanha de voluntários vê-se confrontada. a cada dia que passa, com cada vez mais pedidos de ajuda, a nível alimentar, produtos de higiene pessoal e roupa.

Reconhece que o momento atual é de grande amargura para todos, em França estima-se que mais de 800 mil pessoas fiquem sem emprego. Em Portugal e na Sua Região muitos tem sido os casais que de um momento para o outro ficaram sem trabalho, sem sustento para o básico de qualquer ser humano- bens alimentares de primeira necessidade.

Sem pensar duas vezes e apesar da tenra existência da Fundação liderada por João Pina, a sua   resposta foi presente, uma vez mais no apoio em prol dos que mais precisam!

No passado sábado foram entregues às responsáveis por este projeto, diversos quilos de produtos alimentares - papas, enlatados, arroz, leite, assim como, produtos de higiene pessoal- champô, gel de banho, sabonetes, para cerca de 50 pessoas.

Segundo refere, “foi o que a Fundação e a minha empresa podemos ofertar neste momento, os pedidos são muitos, muitos, lamentavelmente não podemos colaborar em todos. Continuaremos atentos às dificuldades e ponderamos ajudar novamente”. Ninguém fica mais pobre por ajudar, pelo contrário, temos que dividir com aqueles que menos têm, hoje eles, amanhã, nós, reitera.

O próximo passo desta Fundação será ajudar de alguma forma a Comunidade Portuguesa em Paris e deixa um apelo, “o momento é de calamidade, mas juntos podemos ajudar a colocar sorrisos no rosto de quem mais necessita”, construamos, pois, a “solidariedade em movimento”.

Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor.


RECOMENDADOS PARA SI

Últimos Tweets

Prémio Literário Municipal atribuído a José António Carvalho Batista https://t.co/j0nzAkZpLE
APROVADA REPRESENTAÇÃO DO CCP JUNTO NO CONSELHO CONSULTIVO PARA OS CANAIS INTERNACIONAIS https://t.co/2kEy1gFL3X
Covid-19: Trânsito "normal" em Lisboa e Porto horas antes de restrições entre concelhos https://t.co/6dvAHvUnOV
Follow Jornal das Comunidades on Twitter