Esta publicação é da responsabilidade exclusiva do seu autor.

Como usar os próprios recursos para alcançar objetivos

IDT-N°/ : 4398
Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Estamos no final de 2019 quando escrevo este texto. A maioria das pessoas está correndo para terminar tudo o que pretendem fazer ainda este ano.

Algumas estão pensando nos objetivos, no planejamento ou no que desejam mudar.  

É fato, que muitas pessoas acabam desistindo do objetivo, logo no começo do ano, por falta de planejamento, ou por sentir-se sem recursos.

Richard Bandler foi questionado quando escolheu o nome Programação Neurolinguística (PNL) para o trabalho que estava desenvolvendo nos anos 70, ele ouviu: “Isso parece controle do cérebro”.

Ao que ele respondeu: “Claro se você não começar a controlar e a utilizar o seu cérebro, você deixa a sorte decidir por você”.

Quantas pessoas você conhece que não estabelecem objetivos e que deixam a sorte ou a vida decidir por elas? 

Quando estabelecemos objetivos estamos de certa forma tomando as coisas em nossas mãos,  e utilizando recursos que estão sob o nosso controle.

A PNL pode ajudá-lo a ser mais eficaz no que você deseja e também a alcançar resultados específicos, utilizando os recursos que você já possui.

É importante saber que um dos pressupostos da PNL é de que “As pessoas já possuem dentro delas todos os recursos de que precisam”.

Para ajudá-lo com o que você deseja para 2020, falarei aqui de 8 condições básicas de formulação de um objetivo utilizando a PNL, para que os seus recursos pessoais sejam mobilizados e aumente as suas chances de alcançar o que deseja.

  1. Utilize uma formulação positiva

Estudos mostram que o nosso cérebro tem dificuldades para compreender o negativo.

Dizer “Vamos fazer um movimento contra a guerra”  e dizer “vamos fazer um movimento pela paz” embora pareça ser similar, para o nosso cérebro não é. 

Na primeira frase o cérebro buscará soluções para a palavra “guerra”, enquanto na segunda ele buscará soluções para a “paz”.

Outro exemplo comum é quando as pessoas dizem “meu objetivo é perder peso”. Perder é uma palavra que para a maioria das pessoas é negativa.

Por exemplo, ninguém quer perder a própria carteira, perder o emprego, perder uma pessoa amada etc. O cérebro reconhecerá como algo que você não quer fazer. 

Substitua a palavra perder por uma palavra que tenha conotação positiva para você.

Em PNL sempre utilizamos estruturas de frases positivas, não porque é mais bonito, mas simplesmente porque é mais eficaz para o cérebro. 

  1. Verifique a ecologia

Precisa ser sustentável para estabelecer um objetivo?

Perceba que todas as suas ações geram um impacto no seu entorno direto e indireto. 

Verificar a ecologia quer dizer avaliar se o seu objetivo permite o impacto que você deseja e não consequências indesejáveis. 

Isso permite identificar os obstáculos antes mesmo de entrar em ação e rever suas estratégias e comportamentos. 

  1. Sob o seu controle

Pergunte-se se este objetivo depende exclusivamente de você.  

Se a resposta for não, quer dizer que ele não está sob o seu controle e talvez a responsabilidade esteja sendo colocada em outra pessoa.

Por exemplo, de objetivo que não está sob o seu controle “eu quero que meu chefe mude de comportamento.”

Essa frase representa uma expectativa fora do seu controle, e não um objetivo.

  1. Testável

Na PNL trabalhamos com os canais sensoriais. O que você vai ver, sentir e ouvir quando atingir seu objetivo?

Como você descreveria “sensorialmente” o seu objetivo? 

De que maneira você saberá que o objetivo foi atingido? 

  1. Contextualizado

É importante contextualizar o seu objetivo respondendo as perguntas: com quem, quando, em quanto tempo, onde, etc.

Se o seu objetivo for “quero melhorar a minha comunicação”, em que contexto? No trabalho ou em casa ?

  1. O objetivo do objetivo

Um objetivo tem sempre outro objetivo por trás, pois ele satisfaz algum critério ou algum valor que é importante para você.

Pergunte-se: Em que é importante para você atingir esse objetivo?  

O que atingir esse objetivo vai te proporcionar? 

Quais serão os efeitos dele?

Por exemplo, “meu objetivo é ganhar mais dinheiro”. O que isso vai te proporcionar? 

As repostas podem ser bem variadas como, liberdade, autonomia, segurança, etc. 

  1. Verifique o preço a pagar

Verifique qual é o “preço” em termos de dinheiro, de energia, de tempo, avalie se eles valem a pena e se você está preparado para o esforço que ele demandará.

  1. A coerência com relação à direção

Esse ponto eu diria que tem relação com um propósito maior dentro da sua vida.

A pergunta a se fazer é: Em que realizar esse objetivo caminha na direção do ser humano que você quer se tornar?

Além dessas 8 condições, o ponto básico  é sempre ser o mais específico e claro possível para que você possa reconhecer quando alcançar o objetivo.

Desejo um excelente final de ano e ótimas realizações para 2020!

Gina Salazar
Author: Gina Salazar
Colaboradora Convidada
Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor.

Estrategista de desenvolvimento pessoal, nas áreas da  Transição Profissional e Relação com o Dinheiro. Especialista em Programação Neurolinguística, empreendedora com 20 anos de experiência em desenvolvimento de projetos e fundadora da EGrowth, empresa que desenvolve treinamentos e coaching, baseada em Bruxelas na Bélgica.

Textos deste autor:

RECOMENDADOS PARA SI

Últimos Tweets

INEM encaminhou em média 13 casos por dia este ano para a Via Verde do AVC https://t.co/Lbg0vLmLPk
Covid-19: Portugal sai da lista suíça de países com chegadas condicionadas https://t.co/J9la1snmep
Covid-19: Bélgica é o país da Europa com mais casos por 100.000 habitantes https://t.co/wJJbmUcRgw
Follow Jornal das Comunidades on Twitter