Esta publicação é da responsabilidade exclusiva do seu autor.

BRUXELAS PALCO DE GRANDES MANIFESTAÇÕES

Previous Next
ID:N°/ Texto: 5846
Foto © : Antonio Fernandes
Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Hoje dia 13 de Setembro, Bruxelas voltou a ser invadida por mais uma gigantesca  manifestação, em defesa das condições de trabalho do pessoal médico e de saúde, para além do COVID-19

Organizações sindicais, associações e docentes do corpo médico, entre outros manifestantes, reivindicavam na rua, com diversos slogans como, "Saúde e Clima: prioridades vitais"; ou ainda, "não apanhei o Covid-19, mas vocês transmitiram-nos a raiva"! Melhores condições de trabalho e meios adequados, eram outras exigências da manifestação, nos arredores do Mont-des-Arts, próximo da estação Central.

Como em todos as manifestações deste género há sempre quem se aproveite para os tais desacatos e confrontos com a polícia. E de facto assim foi. As forças policiais tiveram que usar consideráveis meios para dispersar os mais redutíveis, aqueles grupos fora do âmbito da manifestação em si mesma.

Só falta agora saber, se as negociações entre as partes tiveram, os resultados que se esperavam por parte dos manifestantes, que prometeram voltar à carga, se as suas exigências não fossem acautelados e por isso, conseguidas as reivindicações expressas num comunicado, que foi distribuído, para informação geral. 

Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor.

António Fernandes
Colaborador
Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor.
Textos deste autor:

RECOMENDADOS PARA SI

Últimos Tweets

LUS 9645 https://t.co/42gKxAY65z via @portal_luso
De congratulação pelo 40.º aniversário da criação do Conselho das Comunidades Portuguesas https://t.co/OfpOhXTOMb
Número de desempregados inscritos sobe 34,5% em agosto https://t.co/xto2uaAj3K
Follow Jornal das Comunidades on Twitter