Faça login na sua conta

Usuário *
Senha *
Lembre de mim

Crie a sua conta aqui!

Os campos marcados com um asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Usuário *
Senha *
Verifique a senha *
Email *
Verificar e-mail *
Captcha *
Reload Captcha
domingo, 24 outubro 2021

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário

Conferência Sobre o Futu…

Out. 24, 2021 Hits:145 Opinião

No Rio de Janeiro, centen…

Out. 23, 2021 Hits:120 Cultura

Em Lier

Out. 22, 2021 Hits:327 Apontamentos

Centro de apoio ao ciclot…

Out. 22, 2021 Hits:421 Portugal

Arrifana um filme histór…

Out. 21, 2021 Hits:217 Cultura

“Caminha deixou de esta…

Out. 21, 2021 Hits:291 Portugal

COVID-19: Caminha já entrou na 3ª vaga



O luso.eu Jornal das comunidades é gratuito mas quero ajudar!

O concelho de Caminha continua a piorar, foram registados mais 53 casos de infecção pela COVID-19.De acordo com o relatório epidemiológico da Unidade Local de Saúde do Alto Minho, emitido esta quarta-feira, Houve 28 recuperados e são agora 236 casos activos neste concelho.

Caminha segue agora com 937 casos confirmados, sendo que 236 estão activos. Há 679 casos recuperados e 22 óbitos.
No âmbito da Covid 19, a Câmara Municipal de Caminha mantem aberta a linha DE APOIO PSICOSSOCIAL. “Esta linha é gratuita e pretende ajudar os munícipes a lidar com os problemas causados pela pandemia em áreas diversas, desde a psicológica à social”, refere a autarquia em comunicado.

Para aceder à Linha de Apoio Psicossocial de Caminha basta ligar o número 800 910 333. A linha está disponível todos os dias, das 9h00 às 19h00.

Hoje, às 00 horas, Portugal entrou em confinamento geral devido ao agravamento da pandemia. O dever geral de recolhimento domiciliário, em que "a regra é ficar em casa", prevê deslocações autorizadas para comprar bens e serviços essenciais, desempenho de actividades profissionais, frequência de estabelecimentos escolares, prática de actividade física e desportiva ao ar livre ou participação no âmbito da campanha eleitoral ou da eleição do Presidente da República.

O decreto determina ainda a obrigatoriedade do teletrabalho, sempre que as funções em causa o permitam, sem necessidade de acordo das partes, prevendo que o seu incumprimento seja considerado uma contraordenação muito grave.
O conjunto de medidas agora avançadas pelo governo vão estar em vigor aaté às 23:59 de 30 de Janeiro.


O confinamento obrigatório abrange por sua vez pessoas infetadas com o novo coronavírus ou em vigilância ativa por decisão das autoridades de saúde.

Luso.eu - Jornal das comunidades
Isabel Varela
Para ver mais textos, por favor clique no nome do autor
Lista dos seus últimos textos

Adicionar o seu comentário aqui!

luso.eu Jornal Comunidades

TEMOS NO SITE

Temos 209 visitantes e 0 membros em linha

Não perca as promoções e novidades que reservamos para nossos fiéis assinantes.
O seu endereço de email é apenas utilizado para lhe enviar a nossa newsletter e informações sobre as nossas actividades. Você pode usar o link de cancelamento integrado em cada um de nossos e-mails a qualquer momento.

A SUA PUBLICIDADE AQUI?

EVENTOS ESTE MÊS

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
30
31

News Fotografia

Ad Bottom