Mundial2022: Portugal pode recuperar liderança mas precisa de ‘ajuda’ de terceiros



O luso.eu Jornal das comunidades é gratuito mas quero ajudar!

(Lusa) – A seleção portuguesa de futebol pode hoje recuperar a liderança do Grupo A de qualificação para o Mundial2022, tendo para isso de vencer o Luxemburgo e esperar por uma ‘ajuda’ do Azerbaijão na visita à líder Sérvia.

Portugal ocupa o segundo posto do grupo, com 13 pontos, menos um do que os sérvios, que no sábado bateram os luxemburgueses por 1-0 e isolaram-se na liderança, embora tenham mais um encontro disputado.

Para recuperar o primeiro lugar, a seleção nacional tem de bater o Luxemburgo, no Estádio Algarve, e esperar que, à mesma hora, o Azerbaijão ‘roube’ pontos à Sérvia, algo que parece pouco provável, tendo em conta que o melhor que os azeris conseguiram nesta fase de apuramento foi um empate com a República da Irlanda.

Ainda assim, Portugal continua exclusivamente a depender de si para se qualificar diretamente para o Campeonato do Mundo, sendo certo que três vitórias nos três jogos que restam será sinal de ‘carimbo’ no ‘passaporte’ para o Qatar.

Já o Luxemburgo, que tem menos um jogo, é terceiro, com seis pontos, à frente de República da Irlanda (cinco) e Azerbaijão (um), pelo que sabe que tudo o que não seja um triunfo no Algarve significará o adeus definitivo a qualquer réstia de esperança que ainda acalente.

Portugal e Luxemburgo jogam hoje, a partir das 19:45, no Estádio Algarve, no antepenúltimo encontro da seleção lusa no Grupo A de qualificação para o próximo Campeonato do Mundo, que será dirigido pelo francês Benoît Bastien.


Adicionar o seu comentário aqui!